quarta-feira, 24 de maio de 2017

ADUENF lança campanha pela auditoria independente da dívida pública e no RioPrevidência


Além de aprovar a paralisação de 24 horas nesta 4a. feira (24/05) com o objetivo de pressionar os deputados estaduais para que não aprovem a escandalosa majoração da contribuição previdenciária, os professores da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) também decidiram pelo início de uma campanha para demandar a realização de uma auditoria independente na dívida pública do estado do Rio de Janeiro e no RioPrevidência.

Essa campanha resulta da compreensão que uma combinação de empréstimos duvidosos, malversação dos recursos do RioPrevidência (vide o caso da Operação Delaware) e atos de corrupção é que causaram catástrofe financeira por que passa o estado do Rio de Janeiro neste momento.

Assim, auditar a dívida pública e o RioPrevidência devem ser prioridades não apenas dos servidores estaduais, mas da sociedade civil organizada e de toda a população fluminense. É que sem essa auditoria não haverá pacote de maldades que tire o Rio de Janeiro da crise em que se encontra.

Apoie a realização da auditoria independente na dívida pública e no RioPrevidência. Sem isso não haverá um futuro melhor para o povo do Rio de Janeiro.

Campos dos Goytacazes, 24 de Maio de 2017.

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

terça-feira, 23 de maio de 2017

Assembleia docente decide paralisar UENF por 24 horas contra arrocho imposto pelo governo Pezão




A diretoria vem informar ao todos os associados que após examinar a grave conjuntura criada pelo governo Pezão, os professores presentes na assembleia da ADUENF decidiram por uma paralisação de 24 horas de todas as atividades docentes nesta 4a. feira (24/05), e  a participação no ato público que diversas categorias de servidores públicos estaduais irão realizar a partir das 15:00 horas na Rodoviária Jorge Roberto da Silveira no centro de Campos dos Goytacazes.

A diretoria informa ainda que haverá uma representação da ADUENF presente no ato público que ocorrerá na frente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro para pressionar contra a elevação da contribuição previdenciária dos servidores estaduais.

A diretoria da ADUENF convida a que todos (as) se engajem nas decisões da nossa assembleia de modo a fortalecer o processo de resistência contra o projeto de destruição do serviço público que está sendo implementado pelo governo Pezão.

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

ADUENF fará assembleia para discutir reação aos ataques aos direitos dos professores


quarta-feira, 17 de maio de 2017

ADUENF lança nova edição do seu jornal

A ADUENF lançou nesta 4a. feira a versão digital da nova edição do "Jornal da ADUENF" com a intenção de abrir uma ampla discussão com a comunidade universitária e com a população acerca das graves consequências do processo de estrangulamento financeiro que está sendo imposto na Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf)  pelo governo do Rio de Janeiro (Aqui!).

A versão impressão da edição começará a ser distribuída no campus da Uenf a partir da próxima sexta-feira (19/05).

A diretoria da ADUENF espera que o conteúdo desta edição sirva para gerar o necessário debate sobre os graves problemas que afetam não apenas a Uenf, mas também a Uerj, a Uezo e as escolas da Faetec.

Abaixo postamos a edição em sua íntegra no formato digital.

Boa leitura!








terça-feira, 16 de maio de 2017

Informe da Diretoria da ADUENF sobre professores ainda sem salários de Março quitados




A Diretoria da ADUENF vem informar que após levantamento realizado desde ontem foi identificado que 5 professores da UENF não tiveram seus salários de Março pagos.

Com base no resultado deste levantamento, a Diretoria da ADUENF entrou em contato com o nosso advogado que, por sua vez, entrou em contato com a Assessoria Jurídica da ASDUERJ com o objetivo de traçar uma ação comum junto ao governo do Rio de Janeiro para que os salários de nossos docentes sejam pagos imediatamente.

A partir das tratativas já feitas entre as duas assessorias jurídicas, a diretoria da ADUENF vem informar que até o final desta tarde serão definidas as medidas legais a serem adotadas para garantir o pagamento dos salários destes docentes.

Informamos ainda que constatamos informações publicadas via imprensa  que 4.500 servidores estaduais se encontram sem terem seus salários de Março quitados, e que o problema teria sido causado por um erro no sistema de processamento da folha de pagamentos.  As informações veiculadas pela imprensa indicam que tais salários deverão ser pagos até o final desta terça-feira (16/05).

Finalmente, a diretoria da ADUENF assegura que, independente das notícias veiculadas pela mídia, continuará tomando as medidas necessárias para que este e outros atrasos sejam sanados, de modo a minimizar as perdas já causadas aos servidores estaduais e, em particular, aos professores da UENF.

Campos dos Goytacazes, 16 de Maio de 2017.

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Informe da Diretoria da ADUENF sobre visita de dirigentes do ANDES-SN à UENF e participação em atividade na UERJ




A diretoria da ADUENF considera que foi exitosa a vinda da diretoria do ANDES a UENF no dia de ontem (10/05). Em primeiro lugar esta visita serviu para aprofundar o conhecimento do ANDES-SN quanto à gravidade da situação imposta pelo governo do Rio de Janeiro às universidades estaduais, Faetec e Cecierj.  Em segundo lugar, a reunião também possibilitou um debate sobre o cotidiano de vivências no quadro de uma crise que se intensifica a cada dia com o não pagamento de salários.


E por último, a reunião serviu para encaminhar a articulação de uma luta conjunta entre as comunidades universitárias da UENF, UERJ e UEZO para derrotar o projeto de destruição comandado pelo governador Luiz Fernando Pezão contra o ensino superior estadual.

A diretoria da ADUENF aproveita para informar que nesta sexta-feira (12/05) ocorrerá na UERJ Campos Maracanã um painel sobre a crise das Universidades Estaduais. Este painel ocorrerá a partir 14 horas no 1º. Andar, auditório 11.  Para viabilizar a presença da UENF nesta importante atividade de organização da luta contra o projeto de desmanche das universidades estaduais, uma van sairá da sede ADUENF às 7:30.  Em função disso, solicitamos que os interessados entrem em contato com a secretaria da ADUENF para fornecerem seus nomes e dados pessoais.
Unidos somos mais fortes!


DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência  & Luta