Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

ALERJ aprova orçamento com emenda proposta pela ADUENF, mas governo Cabral não envia mensagem para criação do ADE

Imagem
O presidente da ADUENF, Prof. Luis Passoni,  está nesta 4a. feira (18/12) na ALERJ em contatos com lideranças parlamentares, e já obteve duas informações importantes para a continuidade da campanha salarial dos professores da UENF.
A primeira é a notícia de que a ALERJ aprovou o orçamento para 2014 com a inclusão da emenda apresentada pela diretoria da ADUENF que garantiu recursos para a concessão do Adicional de Dedicação Exclusiva (ADE) de 65% do vencimento base de todo os professores da UENF.  Este orçamento se encontra agora no Palácio Guanabara para sanção ou veto do governador Sérgio Cabral.
A segunda informação foi obtida pelo Prof. Passoni diretamente do presidente da ALERJ, deputado Paulo Melo (PMDB), que indicou que o governo Cabral não enviou nenhuma mensagem para legalizar a concessão do ADE dos professores da UENF. Neste caso, o presidente da ALERJ declarou sua expectativa de que essa mensagem seja votada em fevereiro ou março de 2014.  
O problema agora será conseguir que o…

ADUENF lança campanha publicitária para denunciar situação salarial na UENF

Imagem
Já está nas ruas de Campos dos Goytacazes a campanha publicitária lançada pela ADUENF para informar a população da cidade sobre os problemas salariais que hoje ameaçam destruir a universidade modelo idealizada por Darcy Ribeiro.
Abaixo o outdoor colocado na esquina da Avenida 28 de Março com a Rua do Ouvidor.

Diretoria da ADUENF apoia paralisação dos técnicos de nível superior da UENF

Imagem
A diretoria da Associação de Docentes da UENF (ADUENF) conclamou os seus associados para apoiar a manifestação dos técnicos de nível superior da instituição que paralisaram suas atividades nesta 3a. feira (04/12). 
Segundo nota distribuída eletronicamente a todos os associados, a diretoria da ADUENF considera que essa luta é de todos, pois "estamos todos juntos em defesa da UENF, e contra a política de sucateamento imposto pelo governo do Rio de Janeiro, que encontra no arrocho salarial sua expressão mais danosa".

Após participação da ADUENF no "Tribuna Livre", a Câmara Municipal de Campos aprova moção de apoio

Imagem
Na tarde desta 3a. feira (03/12), o presidente da ADUENF, Prof. Luis Passoni, ocupou a chamada "Tribuna Livre" da Câmara Municipal de Campos para tratar dos problemas salariais afetando os docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF). Passoni aproveitou para apresentar também os dados referentes ao desempenho acadêmico da UENF nos rankings do MEC.

Após a fala do presidente da ADUENF, três vereadores (Marcão, Maria Auxiliadora e Paulo Hirano) fizeram uso da palavra para tratar das questões salariais dos servidores da UENF, bem como para defender o regime de Dedicação Exclusiva dos docentes.



Após esses pronunciamentos, a Câmara de Vereadores entregou ao presidente da ADUENF um documento assinado por todos os seus membros apoiando as reivindicações dos docentes da UENF. Essa correspondência endereçada ao governador Sérgio Cabral será agora remetida ao Palácio Guanabara para que o governo tome conhecimento do seu teor.

Diretoria da ADUENF convida para evento na Câmara de Vereadores de Campos

Imagem
Como mostra o convite acima, a diretoria da ADUENF está convocando a membros da comunidade universitária da UENF e interessados de todos os segmentos da população campista para participar nesta 3a. feira (03/12) da "Tribuna Livre" que é promovida pela Câmara de Vereadores de Campos dos Goytacazes. A participação da ADUENF se dará em torno das 17:00 horas, e a diretoria está preparando uma apresentação que apresente a real situação dos salários pagos na instituição em confronto com outras instituições públicas de ensino superior brasileiras.
O ponto de concentração será na Praça do Liceu a partir das 16:00 horas, momento em que os presentes irão distribuir materiais informativos à população.

A hora de apoiar a luta dos professores da UENF é essa! Participe!