sexta-feira, 30 de junho de 2017

Servidores e estudantes da UENF marcam presença no ato público da Greve Geral em Campos

Por Wesley Machado*

A Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) foi bem representada no ato público da Greve Geral, que foi realizado nesta sexta-feira (30) no Calçadão de Campos. Representantes do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Públicas Estaduais do Rio de Janeiro (Sintuperj), Associação de Docentes da UENF (Aduenf), Associação de Pós-Graduandos (APG) e Diretório Central dos Estudantes da UENF (DCE-UENF) marcaram presença no evento.

O dirigente sindical do Sintuperj, Cristiano Peixoto, em seu discurso do alto do carro de som, afirmou: “Temos de lutar pelo Brasil. Estamos fazendo nossa parte. A UENF não vai fechar. Vamos resistir”, bradou Cristiano.

O presidente da Associação Campista de Aposentados e Pensionistas (Ascapem), Delso Gomes, no alto dos seus 91 anos, vestiu a camisa “Eu defendo a UENF” com a caricatura de Darcy Ribeiro e se juntou à luta pela UENF. “A UENF foi um sonho do educador Darcy Ribeiro que Cabral e Pezão estão destruindo”, disse Delso.

A presidente da Aduenf, Luciane Soares, comentou que o ato público da Greve Geral em Campos conseguiu ser realizado com muita luta. “Foi um ato feito contra tudo e contra todos. Contra a direita e inclusive contra parcela da esquerda, que tentou inibir a realização dessa manifestação”, denunciou Luciane.

O 2º vice presidente da ADUENF, Marcos Pedlowski; e o presidente do DCE-UENF, Gilberto Gomes, também marcaram presença no evento.

*Reportagem: Wesley Machado – Jornalista (Registro Profissional: 32.177/RJ)

UENF adere à greve geral e realiza caminhada unitária até o centro de Campos



O campus da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) amanheceu virtualmente paralisada em função da adesão de seus professores e técnicos ao dia de greve geral de protesto contra as reformas do governo de Michel Temer.  A paralisação também representa um protesto contra o projeto de destruição imposto pelo governo do Rio de Janeiro que ainda não pagou bolsas e salários referentes ao mês de Abril, e  também não vem entregando as verbas de custeio para as atividades essenciais da Uenf desde Outubro de 2015.

A partir das 14:30 ocorrerá uma aglomeração da comunidade universitária da Uenf e de outras instituições de ensino superior no portão principal do campus Leonel Brizola para que seja realizada uma marcha até o centro da cidade de Campos dos Goytacazes onde será realizada um ato político que reunirá categorias profissionais que estão participando das manifestações deste dia de greve geral.

Os temas da marcha "Não tá normal!" e #Eudefendo a Uenf!

A diretoria da ADUENF convoca a todos que apoiam a Uenf que apoiem esta ação de defesa da universidade.

Fora Temer! Fora Pezão!

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta


quarta-feira, 28 de junho de 2017

Assembleia dos professores da Uenf aprova adesão à greve geral do dia 30 de Junho



Reunidos primariamente  para discutir a grave situação financeira que afeta a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e que vem inclusive comprometendo o pagamento de salários e bolsas acadêmicas, os professores decidiram aderir à greve geral que está sendo convocado nacionalmente contra as contrarreformas que afetam direitos trabalhistas e previdenciários.

Com isto serão paralisadas todas as atividades acadêmicas durante toda a sexta-feira (30/06).  Para participar da manifestação que ocorrerá a partir das 15 horas na Praça São Salvador no centro de Campos dos Goytacazes, Os professores também decidiram que irão se aglomerar a partir das 14:30 na entrada principal do campus Leonel Brizola para partir em direção ao local da manifestação.

É importante lembrar que no caso da Uenf os servidores técnico-administrativos também já aderiram à greve geral, o que demonstra que a unidade de todos os servidores está se dando na prática.

Todo apoio à greve geral! Fora Temer, Fora Pezão!

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Campanha de mobilização da Aduenf agora tem material bilíngue

Como parte da campanha de sua campanha de mobilização em prol dos direitos de todos os servidores da Universidade Estadual do Norte Fluminense, a ADUENF acaba de lançar novos materiais de publicidade, inclusive com versões mutilíngues.




video
Com a produção desse material a diretoria da ADUENF pretende ampliar o processo de denúncia contra o crime que o governo do Rio de Janeiro está praticando contra as universidades estaduais e seus servidores. 

Nunca é demais lembrar que os servidores das universidades estaduais estão há quase 3 meses sem receber regularmente os seus salários, o que tem provocado sérios problemas no cotidiano dessas instituições de valor estratégico para o estado do Rio de Janeiro.

Apoie a Uenf , Uerj e Uezo!

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

domingo, 25 de junho de 2017

Com quase 4 salários atrasados, ADUENF convoca assembleia para decidir caminhos da mobilização docente

Com o mês de junho chegando ao fim sem que o governo do Rio de Janeiro dê qualquer sinalização sobre os pagamentos de salários atrasados, a diretoria da ADUENF convocou uma assembleia para decidir o que será feito para reverter o tratamento inaceitável que tem sido dispensados aos professores da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), como mostra a pauta abaixo.


Esta assembleia certamente será um marco na luta que está sendo desenvolvida pela ADUENF em conjunto com o ANDES-SN e as associações de docentes da Uerj e da Uezo.

Uma coisa é certa: o limite da tolerância com os desmandos do governo do Rio de Janeiro já foi ultrapassado e as respostas que sairão desta assembleia certamente irão mostrar isso.


DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Representações sindicais da UENF farão II Plenária Comunitária para discutir ações de resistência


Visando estabelecer uma agenda conjunta de ações para enfrentar o projeto de destruição que o governo do Rio de Janeiro está realizando contra a Universidade Estadual do Norte Fluminense, as entidades representativas de docentes, servidores técnicos, e discentes de graduação e pós-graduação vão realizar uma segunda plenária comunitária com objetivo de pensar as condições atuais e futuras de funcionamento da instituição ( ver cartaz abaixo).


O objetivo desta plenária comunitária é estabelecer um calendário de atividades que visem organizar a resistência da comunidade universitária às ações de precarização da Uenf por parte do governo do Rio de Janeiro. 


Compareça e participe da defesa da Uenf!

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta




quinta-feira, 22 de junho de 2017

Presidente da ADUENF explica funcionamento do Fundo de Solidariedade do ANDES-SN às universidades estaduais



O ANDES-Sindicato Nacional do qual a ADUENF é seção sindical decidiu socorrer os docentes das universidades estaduais com a criação de um fundo de solidariedade, 

A diretoria da ADUENF já aprovou em assembleia a adesão a este fundo. Para deixar claro os termos e condições da adesão dos seus associados aos benefícios desta ação solidária do ANDES-SN, a presidente da ADUENF gravou o vídeo abaixo.


DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

terça-feira, 20 de junho de 2017

Arraiá do Hospital Veterinário, mais um momento de resistência da comunidade da Uenf

Nesta 6a. feira (23/06) ocorrerá mais uma edição do "Arraiá do Hospital Veterinário" da Uenf. Esse será não apenas um momento de congraçamento e de reenergização da comunidade universitária, mas uma oportunidade para que todos os que apoiam a resistência em defesa da universidade possam comparecer e levar o seu apoio.

A entrada será franca, mas todos estão convidados a doar produtos de limpeza que serão utilizados para manter o Hospital Veterinário (HV) funcionando em condições apropriadas para os múltiplos serviços que ali ocorrem diariamente.

Essas doações virão num momento crucial, pois a Uenf está sem receber verbas para o custeio do HV e das suas demais unidades desde Outubro de 2015!


Apoie a luta em defesa da Uenf!

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

ADUENF lança material de divulgação para sua luta em defesa da UENF

A diretoria da ADUENF está realizando o lançamento de materiais de propaganda para levantar recursos financeiros para prosseguir sua luta em defesa da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) como os mostrados abaixo.



As camisetas que são ilustradas com uma charge do cartunista, cientista político e professor da UFF de Campos dos Goytacazes, Márcio Malta.  Este material está sendo vendido a R$ 20,00. Já os bonés com o logotipo da ADUENF estão sendo vendidos a R$ 15,00, nas cores Azul e Vermelho.

Todo esse material está disponível na sede administrativa da ADUENF que está localizada no campus Leonel Brizola e fica aberta ao público entre as 09:00 e 17:00 de segunda a sexta-feira.

Apoie a luta da ADUENF!

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

segunda-feira, 19 de junho de 2017

ADUENF lança enquete para medir intenção de voto no PMDB em 2018

Em face dos amplos ataques que o governo do Rio de Janeiro está realizando aos servidores estaduaise à fluminense, a diretoria da Associação de Docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Aduenf) lançou uma enquere na rede social Facebook para medir as intenções de voto no PMDB em 2018.



Quem desejar participar, bata clicar Aqui!

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

domingo, 18 de junho de 2017

Luto pela Uenf!


ADUENF convoca docentes para resistir, lembrando que não é apenas pelos R$ 700


Não é apenas pelos R$ 700,00! 

Salários e bolsas com pagamentos atrasados, sem décimo terceiro de 2016, sem repasses para manutenção da Universidade, sem serviço de segurança e servidores sendo massacrados cruelmente pelo desgoverno Pezão.

Cadê a normalidade? 

Docente, Lute, porque não é seu salário que está em risco, é seu emprego!



segunda-feira, 12 de junho de 2017

Aviso importante! OAB/RJ inclui servidores e docentes da UENF e UEZO em Ação Civil Pública


A Diretoria da ADUENF  torna público que a Procuradoria da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro, atendendo a uma solicitação feita por nossa assessoria jurídica, peticionou ao juiz  federal ALBERTO NOGUEIRA JUNIOR no sentido de incluir os servidores e docentes da Uenf e da Uezo no benefício já garantido à Uerj, via Ação Civil Pública (Processo 0127233-15.2017.4.02.5101) no sentido de garantir que os pagamentos dos salários sejam feitos de forma concomitante aos dos servidores da Secretaria Estadual de Educação (Seeduc).

Informamos ainda que petição formulada pela OAB/RJ já se encontra na fase decisória, e assim que tivermos um resultado, o mesmo será prontamente informado.




   ADUENF-SESDUENF
Gestão Resistência e Luta!

quarta-feira, 7 de junho de 2017

ADUENF emite nota sobre aprovação do "Plano de Recuperação Fiscal" pela Alerj




Recuperação a que preço?


A aprovação do Plano de Recuperação Fiscal votado ontem na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro representa uma mudança importante no cenário fluminense.  No ápice de deslegitimação e desmoralização  do governo Pezão, são impostas duras medidas ao funcionalismo público do estado do Rio de Janeiro.  Para “aliviar” o caixa e poder solicitar empréstimos, direitos adquiridos são negociados.

Duas questões devem ser observadas: em primeiro lugar, o impacto deste regime de recuperação na Ciência e Tecnologia, pois o que se apresenta como cenário é uma tentativa de desmonte real das IEES com a não realização de concursos e o congelamento salarial.

Em segundo lugar, a permanência da farra fiscal que explicita as reais intenções deste combalido governo na resolução de uma crise que a cada dia explicita mais natureza seletiva. Os dados publicizados pela Associação de Analistas da Fazenda do Estado do Rio de Janeiro (Anaferj) não deixam dúvidas sobre o caráter seletivo de uma crise que tem levado mais de 200 mil servidores a amargar todos os meses o atraso no pagamento de seus salários. O não pagamento dos salários serviria para intensificar a percepção de que as reformas são necessárias. Mas esta tese não tem mais a mínima possibilidade de sustentação.

É diante deste quadro que intensificamos nossa agenda de lutas na ADUENF em defesa da Universidade, sua autonomia e contra qualquer retirada de direitos em nome de uma austeridade que só foi aplicada até hoje, sobre o servidor.

NENHUM DIREITO A MENOS!

DIRETORIA  ADUENF-SESDUENF
Gestão Resistência & Luta!

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Diretoria da ADUENF envia ofício à SEFAZ para cobrar cumprimento de direitos



A diretoria da ADUENF enviou na tarde desta 5a. feira (01/06) um ofício ao Secretário Estadual de Fazenda, Gustavo Barbosa, para apresentar demandas de interesse de todos os servidores da Universidade Estadual do Norte Fluminense  (Uenf) ( ver cópia do ofício logo abaixo).


Entre os pontos levantados estão o tratamento isonômico na questão do pagamento dos salários em relação ao que está sendo praticado pela SEEDUC, o estabelecimento de um calendário de pagamento de todos os salários atrasados, e a revogação de procedimentos que impeçam o cumprimento dos direitos assegurados pelo Plano de Cargos e Vencimentos da Uenf..

O Ofício lembra ainda do entendimento da diretoria da ADUENF acerca do fato de que a atual crise financeira não foi causada pela folha salarial dos servidores, mas por ações adotadas pelo próprio executivo estadual, como caso das bilionárias isenções fiscais concedidas de forma descontrolada e sem qualquer tipo de transparência sobre os critérios das concessões como ficou demonstrado pela recente rejeição junto ao Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro das contas referentes ao ano de 2016.

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

Diretoria da ADUENF lança comunicado sobre ações tomadas para defender direitos ameaçados pelo governo Pezão




COMUNICADO DA DIRETORIA DA ADUENF

A diretoria da ADUENF vem informar que está tomando medidas ainda de caráter administrativo acerca de obter informações por parte da reitoria da Uenf e também da Secretaria Estadual de Fazenda sobre os seguintes pontos:

1.    Mudanças no processo de progressão e enquadramento funcional dos docentes da Uenf.
2.    Tratamento isonômico com a Uerj no tocante ao pagamento dos salários em concomitância com os servidores da Educação.

No tocante ao primeiro ponto, informamos que a diretoria da ADUENF já enviou ofício à reitoria da Uenf solicitando informações sobre como a administração vem tratando a imposição de novos procedimentos por parte do governo do Rio de Janeiro.   A ADUENF continua no aguardo de uma resposta formal por parte da reitoria sobre esta questão.  Mas consideramos importante notar que a reitoria da UERJ já adotou procedimento judicial para garantir que os direitos consignados pelo seu Plano de Cargos e Vencimentos continuem sendo praticados a partir das instâncias internas.

A diretoria da ADUENF considera que a postura adotada na Uerj reflete melhor a defesa da autonomia administrativa que é facultada às universidades públicas pelo Artigo 207 da Constituição Federal Brasileira.  Desta forma, estaremos atuando para garantir que as restrições que estão sendo impostas pelo governo do Rio de Janeiro no tocante ao cumprimento dos direitos assegurados no Plano de Cargos Vencimentos da Uenf não prosperem.

Já no tocante ao segundo ponto, a diretoria da ADUENF informa que enviará oficio ainda nesta 5ª feira à Secretaria Estadual de Fazenda requerendo tratamento isonômico ao obtido pela Uerj no tocante ao pagamento dos salários em concomitância com os servidores da Educação. Além disso, a diretoria da ADUENF estará analisando com a sua assessoria jurídica os procedimentos que poderão ser adotados para entrar como parte interessada no processo instalado pelo Ordem dos Advogados do Brasil em favor da Uerj, e que teve decisão favorável na justiça.

Finalmente, vem assegurar que em ambos os casos a diretoria da ADUENF continuará atuando para garantir os direitos de seus associados frente a um conjunto de ataques que estão sendo desferidos pelo governo do Rio de Janeiro.  Para tanto, continuaremos contando com o apoio de todos para executar decisões tomadas em nossas assembleias.

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta