Postagens

Mostrando postagens de 2018

Nota de Repúdio contra o abuso de autoridade no arrombamento do DACOM da UFF Campos

Imagem
A diretoria da ADUENF emitiu nesta 6a. feira (14/09) uma nota de repúdio contra o que considerou un abuso de autoridade cometido contra a comunidade universitária da UFF Campos com base numa suposta tentativa de coibir a realização de campanha eleitoral ilegal dentro de uma instituição pública de ensino (ver nota abaixo).


A diretoria da ADUENF manifestou ainda solidariedade à comunidade universitária da UFF Campos e, em particular, aos professores Roberto Rosendo e Hélio Coelho que estiveram na linha de frente da defesa da autonomia universitária.
A diretoria da ADUENF deixou ainda claro o seu compromisso com a democracia no Brasil e, em especial, no interior das universidades públicas.

Incêndio no Museu Nacional: ADUENF divulga nota de solidariedade à UFRJ

Imagem
A diretoria da ADUENF emitiu no dia 06 de Setembro uma nota de solidariedade ao reitor Roberto Leher e à administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em função dos ataques políticos que se sucederam após o catastrófico incêndio que destruiu o Museu Nacional.

A diretoria da ADUENF repudiou ainda a tentativa de colocar o Museu Nacional a cargo de uma Organização Social (OS), uma ação que além de causar a privatização desse importante espaço público, também implicaria num grave atentado à autonomia universitária da UFRJ. Tudo isso para ocultar as responsabilidades de quem efetivamente contribuiu para criar um ambiente propício para a destruição de um dos mais importantes museus do mundo.

Abaixo a nota em sua íntegra.


ADUENF publica nota sobre incêndio no Museu Nacional

Imagem
A diretoria da ADUENF publicou nesta segunda-feira (03/09) uma nota sobre o incêndio que destruiu parte considerável do acervo existente no Museu Nacional da Quinta da Boa Vista.

Além de manifestar sua ampla solidariedade  à comunidade do Museu Nacional, o documento relaciona o sinistro que destruiu coleções de amplo valor para  a cultura brasileira ao processo de desmanche do sistema nacional de ciência e tecnologia.

A nota ainda cita que o mesmo processo de asfixia financeira vem sendo imposto às universidades públicas brasileiras, inclusive as universidades estaduais do Rio de Janeiro.

A íntegra do documento segue logo abaixo.


Diretoria da ADUENF emite comunicado público sobre ações de alijamento

Imagem
A diretoria da ADUENF lançou nesta segunda-feira (27/08) uma comunicado público para externar sua posição contrária ao que é caracterizado como sendo uma ação deliberada para obstaculizar a representação sindical dos docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) em fóruns e eventos que são pertinentes aos interesses e direitos dos seus associados (ver nota abaixo).


A diretoria explicita a sua posição de que  a despeito de eventuais diferença de opinião e críticas, a ADUENF continuará atuando para garantir o direito de seus associados, buscando exercer o direito democrático de participar e oferecer as suas posições políticas.

Lançada edição especial de aniversário do jornal da ADUENF

Imagem
A ADUENF acaba de lançar uma edição especial do Jornal da Aduenf para celebrar os 25 anos do início das atividades da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) (ver abaixo).






A edição enfatiza o momento delicado pela qual as universidades públicas passam neste momento, em especial as do Rio de Janeiro, em função dos ataques desferidos contra a capacidade dessas instituições de cumprirem suas atividades de ensino, pesquisa e extensão.
Para quem desejar ler a edição em seu formato tabloide, basta clicar [Aqui!]

ADUENF se manifesta sobre ataques contra a UENF e o financiamento da ciência

Imagem
Fechamos a primeira semana de agosto com duas notícias impactantes para nossa Universidade. A primeira não é exatamente uma novidade e tem sido denunciada pelo conjunto do funcionalismo público fluminense: Especulações sobre a continuidade de pagamento dos salários após as eleições de 2018 rondam o cenário político e voltam a assombrar as Universidades Estaduais ligadas a pasta de Ciência, Tecnologia e Inovação. Nunca é demais lembrar que docentes da UENF receberam seus vencimentos atrasados (além do drama de meses em que os salários não foram depositados).Pois bem, a UENF segue em relativa normalidade com a regularização dos vencimentos mas ainda amarga o não pagamento dos duodécimos aprovados em dezembro na ALERJ. E isto representa muito para realização da pesquisa, ensino e extensão, fundamentais para o desenvolvimento da região norte fluminense
A segunda notícia atinge em cheio nossa Universidade. O presidente da CAPES (Conselho de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) , Ab…

Diretoria da ADUENF emite nota oficial sobre a proposta de incorporação da Escola Antonio Sarlo à UENF

Imagem
Preocupada com os impactos que serão trazidas por uma eventual incorporação da Escola Estadual Técnica Agrícola Antonio Sarlo (EETAAS) à estrutura da Universidade Estadual do Norte Fluminense, a diretoria da ADUENF emitiu uma nota oficial na manhã desta 2a. feira (28/05) que é mostrada logo abaixo.


Em sua nota, a diretoria da ADUENF enfatiza a necessidade de que o debate em torno da anexação da Escola Antonio Sarlo se dê de forma responsável, considerando os impactos de curto, médio e longo prazo que serão causados por este processo. Essa responsabilidade seria ainda mais necessária num momento tão crítico pelo qual a UENF atravessa, na medida que chegando a junho, o governo do Rio de Janeiro ainda não iniciou o repasse das verbas de custeio que foram determinados pela aprovação da PEC 47.

Nova edição do Jornal da Aduenf discute ameaças que pairam sobre a UENF

Imagem
Num momento particular difícil da história da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) que continua sem receber as verbas de custeio que foram em tese garantidas com a aprovação da chamada PEC 47, a ADUENF lança mais uma edição do seu tradicional jornal.
Como não poderia deixar de ser o eixo orientador desta edição é o estado de calamidade institucional que continua ocorrendo em função da asfixia financeira imposta pelo governo Pezão. Mas outros elementos também são abordados em artigos escritos pela professora Luciane Silva (presidente) e pelo professor Carlos Eduardo Rezende (tesoureiro).
A edição em pode ser visualizada logo abaixo no formato imagem. Para que os desejarem ler na forma original, basta clicar [Aqui!].
A luta em defesa da Uenf não pode parar, pois é uma questão de vida e morte para que se mantenha o seu caráter de universidade pública e gratuita.
Boa leitura! 







ADUENF emite comunicado sobre negociações sobre alteração na tabela salarial da UENF

Imagem
A diretoria da ADUENF emitiu na manhã desta 4a. feira (18/04) um comunicado formal sobre tratativas que estariam ocorrendo para modificar pontualmente a tabela salarial praticada na Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf).  

Neste comunicado, a ADUENF reafirma a posição de quaisquer negociações terão de ser abrangentes e transparentes, especialmente no que se refere à sua participação em quaisquer acordos que não levem em conta o modelo institucional da Uenf, e de que seja dado um tratamento universal em quaisquer ganhos salariais que sejam concedidos pelo governo do Rio de Janeiro.


Cine Aduenf promove sessão e debate do filme "Nossos mortos têm voz"

Imagem
O documentário ‘Nossos Mortos Têm Voz’, lançado no ultimo dia 27/03 no Cine Odeon, no centro do Rio de Janeiro, resgata a história da chacina cometida por policiais nos municípios de Nova Iguaçu e Queimados, na baixada fluminense. O episódio, que completa 13 anos neste mês, deixou 29 mortos.
Um dos diretores do documentário que foi produzido pela Quiprocó Filmes, Fernando Sousa, destaca a urgência do tema da violência do Estado ser amplamente debatido, principalmente após os casos envolvendo a vereadora Marielle Franco, do PSOL, as chacinas na favela da Rocinha e no município de Maricá. Sousa ressalta que a violência na Baixada Fluminense tem peculiaridades. 
No próximo dia 19 de Abril, a ADUENF promoverá uma sessão do ´Nossos Mortos têm Voz' que contará com a presença do diretor Fernando Souza, o que possibilitará um debate com os presentes sobre as peculiaridades do papel do Estado na violência sistêmica que existe na baixada fluminense.

ADUENF requer abertura de sindicância para apurar denúncia de assédio na UENF

Imagem
A diretoria da ADUENF enviou na manhã de ontem (26/03) um ofício ao reitor da Universidade Estadual do Norte Fluminense, Prof. Luís Passoni, para exigir a instauração de uma sindicância que apure a denúncia feita pelo Coletivo Mulheres Uenfianas de casos de assédio moral e sexual contra estudantes (ver abaixo).


A diretoria da ADUENF reiterou ainda a necessidade de proteger os estudantes que tenham sido vítimas de tais atos de eventuais perseguições e represálias, bem como de que seja observada a presunção de inocência e o amplo direito de defesa dos acusados.

DIRETORIA DA ADUENF
Gestão Resistência & Luta

ADUENF lança campanha "Pezão pague a PEC 47 já"

Imagem
A diretoria da AssociAção de Docentes da Uenf (ADUENF) participou da campanha política em prol da aprovação do Projeto de Emenda Constitucional No. 47  (PEC 47) por entender que este seria um passo positivo no sentido de assegurar o devido financiamento da universidade.  

A posição da diretoria da ADUENF de que a implementação da PEC 47 fosse de 100% do orçamento aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) já em 2018 não foi vencedora, prevalecendo a implementação escalonada de 25%, 50% e 100% entre 2018 e 2020.

Infelizmente já chegando na metade do mês de março, o governador Luiz Fernando Pezão não começou a aplicar a determinação constitucional que foi gerada pela aprovação escalonada da PEC 47. Como resultado disso, a Uenf continua sendo asfixiada financeiramente já que o repasse orçamentário ainda não ocorreu. Esta situação compromete totalmente a capacidade da instituição de realizar de forma correta suas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Em função dessa …

ADUENF divulga nota sobre intervenção do governo Temer no Rio de Janeiro

Imagem
NOTA DE REPÚDIO À INTERVENÇÃO FEDERAL NO RIO DE JANEIRO

A ADUENF tem acompanhado com preocupação as notícias e denúncias relacionadas à intervenção federal no Estado do Rio de Janeiro. A despeito das alegações tomadas em reação aos problemas de segurança pública na Capital, o espetáculo midiático da ocupação militar das favelas cariocas busca desviar a atenção de uma outra realidade: o fracasso da contrarreforma da previdência de Michel Temer e a falência e desmoralização dos três níveis de governo – federal, estadual e municipal. Os dois últimos – que se nomeiem os responsáveis– representados pelas figuras do governador Pezão e do prefeito Crivella.
O emprego das Forças Armadas na capital do Estado tem sido realizado desde a ECO-92, passando pela ocupação do Complexo da Maré e do Alemão, e em todas essas situações se revelou uma falsa solução para o sério e real problema da violência. Ao contrário, é uma estratégia autoritária que tem se revelado tanto ineficaz no combate à criminalida…

ADUENF terá sessão de cinema para celebrar Dia Internacional da Mulher

Imagem
O "Dia Internacional da Mulher" que é celebrado no dia 08 de março será celebrado com uma sessão de cinema pela ADUENF.

O filme escolhido para a sessão foi o "Estrelas além do tempo" cujo enredo está centrado na história um grupo de mulheres negras que foi fundamental para o avanço tecnológico que permitiu a ida do primeiro americano ao espaço, atuando como “computadores”, responsáveis pelos complicados cálculos matemáticos envolvidos na missão. 
O longa-metragem dirigido por Theodore Melfi é baseado num livro de não-ficção de Margot Lee Shetterly, que foi lançado em setembro de 2016 nos Estados Unidos. Estrelas Além do Tempo foca na história de três dessas mulheres: Katharine Johnson (Taraji P. Henson), que fez os cálculos de reentrada da cápsula espacial levando o astronauta John Glenn, Dorothy Vaughan (Octavia Spencer), uma das únicas supervisoras negras da agência, e Mary Jackson (Janelle Monáe), a primeira engenheira negra da Nasa.


A entrada na sessão será gra…

Diretoria da Aduenf realiza reunião de planejamento

Imagem
A diretoria da ADUENF realizou uma reunião nesta 3a. feira (20/02) para traçar seus objetivos de ação para o primeiro semestre de 2018. Em breve serão divulgadas algumas dessas metas cujo objetivo é manter como prioritária a defesa da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf).



De imediato, a diretoria da ADUENF decidiu que emitirá uma posição formal sobre os graves riscos envolvendo a militarização da segurança pública no estado do Rio de Janeiro.

Diretoria da ADUENF envia ofício ao reitor da UENFcomunicado suspensão da greve

Imagem
Cumprindo uma das decisões tomadas na assembleia que decidiu pela suspensão da greve dos professores da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), a diretoria da ADUENF enviou  a ofício ao reitor, Prof. Luís Passoni comunicando o retorno ao estado de greve.

O ofício cobra ainda informações sobre quais medidas foram adotadas para adequar o funcionamento da Uenf à situação de "estado de calamidade" que foi aprovada pelo Conselho Universitário. 

O documento expressou ainda a "profunda preocupação" com a situação de  (in) segurança que reina nas unidades da Uenf, especialmente daqueles membros da comunidade universitária que atuam no período noturno no interior do campus Leonel Brizola.

Ururau publica matéria sobre suspensão da greve dos professores da UENF

Imagem
Uenf suspende paralisação, mas entra em estado de greve

Divulgação Na próxima semana, após o Carnaval, a Câmara de Graduação definirá a data para o retorno definitivo das aulas

Com 116 votos a favor, está suspensa a paralisação os docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) Darcy Ribeiro, em Campos, que durou cerca de seis meses. Em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (07/02), os profissionais decidiram pela suspensão e entraram em estado de greve. Foram dois votos contra e uma abstenção. Na próxima semana, após o Carnaval, a Câmara de Graduação definirá a data para o retorno definitivo das aulas, o que deve acontecer no início do mês que vem.

Segundo o professor associado da Uenf, Marcos Pedlowski, o Comando de Greve apresentou uma proposta de suspensão de greve, retorno para o estado de greve, caso o governo do Estado volte a atrasar os salários dos servidores, a retomada da paralisação.

“Ficamos de enviar uma correspondência à reitoria, quanto a uma grave p…

Associação de Docentes da UFF publica nota de apoio à ADUENF e de defesa das universidades estaduais

Imagem
Nota de apoio à ADUENF e em defesa das Universidades Estaduais do Rio de Janeiro
Reforçamos, por meio desta nota, nosso apoio à ADUENF e ao importante papel que a mesma tem cumprido na luta em defesa das universidades estaduais do Rio de Janeiro (UENF, UERJ e UEZO)

O Rio de Janeiro é uma espécie de laboratório do projeto neoliberal do governo e de seus financiadores de destruição do caráter público das universidades. O objetivo nos parece claro: precarizar para privatizar. Ao retirar das universidades estaduais quaisquer condições de trabalho, estudo e manutenção, não tem demorado para que setores oportunistas defendam as mais variadas estratégias de privatização que não resolvem e não resolverão os graves problemas nos quais estamos imersos. Quando opta por não pagar docentes, técnicos, aposentados, atrasar o pagamento de bolsas ao mesmo tempo em que segue com uma política criminosa de isenções fiscais voltada a beneficiar grandes empresários, o governo indica claramente que não está e…

ADUENF emite nota esclarecimento pós-COLEX ampliado

Imagem
Este informe tem como objetivo atualizar os docentes que não puderam comparecer ontem (30/01) à reunião ampliada do Colegiado Executivo da UENF.

O Colex ampliado realizado às 16 horas do dia 30 de janeiro, teve como pontos de discussão o debate sobre um possível calendário de recuperação das aulas, a notificação de que o calendário para o repasse dos duodécimos deverá ser emitido até dia 2 de fevereiro. Também fomos informados de que o TCE impediu a continuidade do edital de licitação para serviços de vigilância. Por último, foi informado de que a UENF junto com a UERJ possuem pendências junto a União que impossibilitam repasse de verbas impactando, por exemplo, o PROAP.

Observamos que nossos salários seguem atrasados e que não há perspectiva para o pagamento do décimo terceiro de 2017.

Sobre os esclarecimentos da ADUENF em relação às férias coletivas, segue em abaixo a CI 086/2017. Lê-se neste documento que “ficou estabelecido que os servidores da Universidade deverão gozar as féria…

Roberto Mangabeira Unger faz declaração pública de apoio à UENF

Imagem
O professor Roberto Mangabeira Unger, filósofo e teórico social brasileiro que atualmente está ligado à Harvard University, e que foi duas vezes foi ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República do Brasil, faz declaração pública em defesa da Uenf e dá as razões para que ela seja veementemente defendida.
A ADUENF saúda a declaração do eminente professor e recomenda que este vídeo seja assistido para que possamos entender as profundas reflexões que Mangabeira Unger nos oferece.

ADUENF convoca assembleia docente para discutir situação da greve

Imagem
O Comando de Greve da Associação de Docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (ADUENF) está convocando os professores para uma assembleia geral após o encerramento das férias coletivas determinadas unilateralmente pela reitoria da instituição.

O principal ponto da pauta se refere aos próximos passos da luta a partir da avaliação   da greve iniciada em Agosto de 2017 como resposta aos atrasos crônicos no pagamento de salários.


ADUENF envia correspondência ao governador Luiz Fernando Pezão cobrando providências

Imagem
O Comando de Greve da Associação de Docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (ADUENF) enviou um ofício ao governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, cobrando providências para que seja possível viabilizar o retorno imediato das aulas na UENF.  Uma cópia também foi enviada ao reitor da UENF, Luís Passoni ( ver abaixo).

O objetivo do envio desse ofício é de que com uma resposta formal do governo do Rio de Janeiro seja realizada uma assembleia dos professores logo após o encerramento das férias coletivas que foram determinadas pela reitoria da UENF.

O Espírito de Córdoba - Informe direto do Congresso do ANDES em Salvador

Imagem
Creio que se tivemos uma vitória no meio de uma das piores crises de nossa Universidade. Esta vitória foi não apenas a recusa do que o Governo do Rio de Janeiro pretendia impor, trabalho em ensino, pesquisa e extensão sem pagamento de salários. Esta vitória foi sobretudo a compreensão do coletivos dos professores sobre a necessidade de defesa do que faz da UENF um modelo a ser seguido. Isto não deve ser esquecido! Conversando com professores de Universidades Estaduais, Federais e Municipais do Brasil todo, posso assegurar que defender a UENF é defender um modelo que assegure a dedicação exclusiva docente, a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, os investimentos em recursos para ciência e tecnologia.

Na Paraíba o governador vem descumprindo o que está assegurado na lei de autonomia, alterando as regras de repasse para a UEPB. No Rio Grande do Norte os professores estão em greve há 70 dias. Na UEMG em Minas Gerais, os salários estão parcelados. E quanto as Federais o ME…

Presidente da ADUENF faz comunicado público sobre rumos da luta em 2018

Imagem
Como divulgado em nota no dia 12 de janeiro, ao fim das férias coletivas a ADUENF realizará sua Assembleia docente, cumprindo as decisões votadas nas assembleias anteriores. Neste momento gostaria de afirmar a centralidade da luta ao longo do ano de 2017. Luta travada dentro e fora da Universidade.

Dentro, possibilitando um debate contínuo sobre Ensino Superior, Ciência, Tecnologia, financiamento entre outros temas presentes ao longo das atividades realizadas pela ADUENF. Fora, marcamos presença em todas as frentes de defesa da Universidade, nas negociações junto ao governo e na defesa intransigente dos direitos de nossos professores e da UENF. Tivemos êxito em nosso processo de resistência. Não há dúvida quanto a isto.

Temos pela frente um ano eleitoral. Ao mesmo tempo, a forma como a PEC foi aprovada, em 3 parcelas (a autonomia plena virá em 2020), insere elementos novos e desafiadores no cotidiano da Universidade. Neste quesito há que aguardar os próximos meses antes de qualquer com…

ADUENF emite nota pública sobre movimento de greve e início das aulas

Imagem
NOTA PÚBLICA DA ADUENF A RESPEITO DA GREVE E INÍCIO DAS AULAS

Buscando dirimir especulações e informações inverídicas, a Associação de Docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (ADUENF) vem a público trazer alguns esclarecimentos sobre a presente greve e a perspectiva de um retorno às aulas.

Em 27/09/17, última assembleia em que a greve foi objeto de pauta, os professores por ampla maioria decidiram pela permanência em greve até que todos (i) os salários devidos fossem quitados ou (ii) houvesse a divulgação de um calendário de pagamentos oficial por parte do governo estadual. A assembleia, também por ampla maioria (45 a 15 dos presentes), também apresentou a (iii) exigência do restabelecimento das condições de trabalho no campus, com garantias mínimas de segurança e limpeza para que a comunidade acadêmica possa desenvolver suas atividades normais e dar continuidade a um trabalho de que tem sido reconhecido como de excelência por diversas instâncias avaliadoras. Nesse ínterim…