Postagens

Mostrando postagens de 2011
Imagem
ALERJ: prioridade é contemplar o regime de dedicação exclusiva dos docentes
As universidades estaduais do Rio de Janeiro poderão ter garantidos R$ 40 milhões no Orçamento de 2012. 



Foi o que ficou acertado durante a audiência pública realizada pela Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), nesta quarta-feira. Para o presidente da comissão, deputado Comte Bittencourt (PPS), apresentar emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA) que totalizem esse valor foi um grande passo. “Ainda acho estes recursos insuficientes para a manutenção da inteligência do Estado do Rio, mas já é um começo”, apontou Bittencourt.
Hoje, acertamos os valores que ficarão garantidos para cada uma das instituições. Para a Uerj, serão R$ 17 milhões; a Uezo e a Uenf receberão R$ 10 milhões cada; e a Fundação Cecierj será contemplada com R$ 3 milhões.
Para a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), a prioridade é contemplar o regime de dedicação exclusiva dos docentes”, enumerou o deputado.
Fonte: …
Imagem
PROFESSOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA ENVIADA CARTA À PRESIDENTE DILMA



CARTA DO PROFESSOR VALDIR A PRESIDENTA
A uma brava defensora da democracia Cara Presidenta, creio que nos anos de chumbo sob o comando do  General Garrastazu Médici a Senhora ao ser presa injustamente tinha plena consciência dos motivos, pois sabia que estava lutando contra um Estado tirânico. Entretanto, eu Valdir Aparecido de Souza desconheço os reais motivos de minha prisão. Sou descendente de escravos, tapuias e imigrantes, casado com filha de imigrantes e pai de dois jovens rondonienses. Já fiz de tudo, comecei aos 10 anos como jornaleiro, fui  bancário, me graduei em História na UNESP/Assis e há duas décadas atuo como Professor de História da  Universidade Federal de Rondônia.
Paralelamente a isso atuo como Membro da Associação Cultural Rio Madeira; do Conselho do Negro de Porto Velho (CONEGRO) pela Capoeira, participo do Fórum de Defesa da Criança e do Adolescente de Candeias e do Fórum Estadual de Defes…
Andes-SN envia diretores à Rondônia para apoiar greve na Unir
Ameaças, assédio moral contra docentes e estudantes, evidências de desvios de verba, improbidade administrativa, corrupção e superfaturamento de obras são apenas alguns dos fatores que compõem o quadro descrito pelos diretores do Andes-SN que foram a Porto Velho (RO) apoiar a greve do professores e estudandes da Universidade Federal de Rondônia (Unir).
Josevaldo Cunha, vice presidente da regional Nordeste II e coordenador do Setor das Federais (Ifes), e Amecy Souza, 1º tesoureiro da regional Norte I, foram convidados pelo comando de greve da Unir para participar na última quinta (29) e sexta-feira (30) das atividades do movimento grevista, entre estas um debate sobre o Reuni, a aplicação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) na educação pública já e de assembleias e reuniões do comando de greve.
Segundo Cunha, o Sindicato Nacional foi participar das atividades e afirmar apoio ao movimento docente da Unir, respeitando a dinâmic…
Imagem
O fórum que reúne trabalhadores e estudantes das universidades estaduais do Rio de Janeiro encaminha carta aos parlamentares da Alerj
A finalidade das entidades é denunciar os graves problemas que precarizam o trabalho e penalizam o trabalhador e a própria educação pública em nosso estado."As Instituições Públicas Fluminenses de Ensino Superior – dentre as quais se incluem duas universidades (Uerj e Uenf) e um Centro Universitário (Uezo) – têm vivido dificuldades ao longo dos anos, causadas pela falta de investimentos públicos nas atividades finalísticas, no custeio e na manutenção, com uma grave precarização de suas estruturas físicas."

Clique em "Ler mais" ou no ícone PDF para ler a íntegra da carta encaminhada aos parlamentares

Fonte: http://asduerj.org.br/
Imagem
Imagem
A UERJ PODE ENTRAR EM GREVE SE O GOVERNO CABRAL NÃO COMEÇAR A NEGOCIAR LOGO A IMPLEMENTAÇÃO DA DEDICAÇÃO EXCLUSIVA

Imagem
Debate sobre Autonomia Universitária na Uneb poderá ser acompanhado na internet 

O Fórum das ADs realiza nesta sexta-feira, 30, um seminário sobre Autonomia Universitária. O evento acontecerá no Teatro Universidade Estadual da Bahia (UNEB), a partir das 9 horas. O Fórum das ADs reúne as quatro seções sindicais das universidades estaduais da Bahia - Adufs, Adusc, Aduneb e Adusb.
A discussão também poderá ser acompanhada ao vivo por videoconferência através do link: mms://aovivo.uneb.br/aduneb (para acessar será necessário que o programa media player ou real player esteja instalado na máquina). Aqueles que quiserem participar à distância, poderão enviar perguntas para o e-mail: ascomforumads@gmail.com
O Seminário será aberto a toda comunidade acadêmica e contará com a presença dos palestrantes Paulo Cesar Centoducatte, da Universidade de Campinas (Unicamp/SP) e José Cristóvão de Andrade, da Associação dos Docentes da Universidade Estadual da Paraíba (Aduepb – Seção Sindical do ANDES-SN).
O …
ADUENF INICIA MOBILIZAÇÃO POR D.E. E PELO REAJUSTE DOS AUXÍLIOS CRECHE E ALIMENTAÇÃO



A ADUENF está iniciando uma campanha de coleta de assinaturas para garantir a remuneração de 62.5% referentes à remuneração do regime de Dedicação Exclusiva e para obter o reajuste nos valores dos auxílios creche e de alimentação. Esta coleta se dará na forma de abaixo-assinados que serão entregues ao governo do Estado e à Reitoria da UENF. 
Chamamos especial atenção para o caso dos auxílios, onde a questão é ainda mais premente. Afinal de contas, estamos recebendo valores bem abaixo do que aqueles sendo praticados na UERJ que aprovou no seu CONSUNI a majoração dos mesmos. E isto mostra que se houver a decisão política dentro da UENF, não há nada que impeça de recebermos os mesmos valores da UERJ (R$ 400 para alimentação, e R$ 600 para creche). 

Sabemos que o governo Cabral só responde quando se vê diante de movimentos organizados. A hora de agir é esta!
Apóie a campanha da ADUENF. Esta é uma luta de todo…
Imagem
ATO DA SAÚDE ESTADUAL
EM 02/08/11, 3a feira às 13h


Nas escadarias da ALERJ.  Divulgue e compareça.  Venha defender a saúde pública no nosso Estado.  Venha mostrar sua indignação e lutar contra a demolição do IASERJ.
Imagem
Sepe/RJ solicita contribuição e apoio para mananter a greve dos servidores da educação


O Sepe agradece a participação de todos que estão contribuindo para a manutenção da mobilização em torno da greve na rede estadual e comunica que continua recebendo doações. O interessado em ajudar pode depositar qualquer quantia na conta bancária em nome de Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação/RJ, Banco Itaú, agência nº 5666 (Cidade Nova), conta: 00972-4. A contribuição pode ser feita em qualquer agência do Banco Itaú.
Além disso, o Sindicato pede aos que apoiam o movimento para entrar em contato com canais de mídia eletrônica expressando sua insatisfação com o tratamento dado à educação pública por parte do governo do Estado do Rio. Na página do Sepe, encontra-se uma lista com e-mails e telefones de alguns destes veículos:
Imagem
DIRETORIA DA ADUENF APRESENTA RELATO SOBRE A AUDIÊNCIA PÚBLICA REALIZADA NA ALERJ EM 15 DE JUNHO


A Comissão de Educação da Alerj realizou  na quarta-feira, 15/6, uma audiência pública para discutir a autonomia das instituições públicas de ensino superior do estado e a isonomia de direitos entres seus trabalhadores.
O evento formou parte da programação do Dia Nacional em Defesa das Instituições Públicas Estaduais de Ensino e foi articulado junto ao presidente da Comissão pelo Fórum das Entidades Sindicais e Estudantis das Instituições de Ensino Superior Públicas Fluminenses, do qual participam, além da Asduerj, do Sintuperj, da Aduenf, da Aduezo, da Proactuezo e da Associação dos Servidores do Cecierj, os DCEs da Uerj, Uenf e Uezo
A ADUENF se fez representar pela sua diretoria e no uso da palavra o presidente lembrou a importância do dia e da luta que os professores estaduais da Bahia, do ensino médio do RJ e os bombeiros do RJ estavam desenvolvendo, prestando uma homenagem para todos na …
Imagem
Dia Nacional de Luta em Defesa das Universidades Públicas Estaduais:  em debate o ensino superior no Estado




Além dos trabalhadores e estudantes, dirigentes universitários  participaram da audiência

O Rio de Janeiro é o terceiro estado que menos investe em ensino superior no país. A denúncia foi feita pelo  presidente da Seção Sindical do Andes-SN da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Aduenf), professor Raul Ernesto Palacio, durante a audiência pública realizada pela Comissão Permanente de Educação da Alerj na última quarta-feira, 15/6.



A audiência foi articulada junto à Comissão pelo Fórum das Entidades Sindicais e Estudantis das Instituições Públicas Fluminenses de Ensino Superior e marcou, no Rio de Janeiro, o Dia Nacional em Defesa das Universidades Públicas Estaduais.



O evento reuniu, além das representações de trabalhadores e estudantes, reitores e administradores da Uenf, da Uezo, do Cecierj e da Faetec. Único dirigente ausente do debate, o Reitor da Uerj, Ricardo Vieiralves…
Imagem
STF pode garantir reajustes anuais ao funcionalismo


O STF iniciou nesta quinta (9) o julgamento de uma ação que pode resultar na garantia de reajustes anuais para servidores federais, estaduais e municipais.

Relator do processo, o ministro Marco Aurélio Mello reconheceu o direito do funcionalismo à reposição das perdas impostas pela inflação.

Disse que a correção monetária anual dos contracheques dos servidores públicos está prevista no inciso 10o do artigo 37 da Constituição.

A despeito disso, realçou o ministro, estabeleceu-se um “círculo vicioso” nas esferas “federal, estadual e municipal”.

No dizer do ministro, os governantes mantêm “os olhos fechados” para o texto constitucional, descumprindo-o.

A ação é movida por servidores públicos de São Paulo. Está submetida, porém, ao princípio da “repercussão geral”.

Significa dizer que a decisão do Supremo valerá para todos os servidores do país, inclusive os do Poder Judiciário. Coisa de 10 milhões de pessoas.

O julgamento não foi concl…
DIRETORIA DA ADUENF CONVOCA PARA AUDIÊNCIA NA ALERJ!


A diretoria de associação vem realizando esforços para mantermos nossa mobilização em defesa da carreira docente da UENF, assim como de nossa Instituição. No mês de maio foram realizadas reuniões do fórum composta das três instituições de ensino superior do estado do Rio de Janeiro - UERJ, UENF e UEZO. Neste fórum estão sendo discutidas as propostas para a implementação da remuneração do regime de dedicação exclusiva dentre outros pontos de pauta.
Em nossa última reunião decidiu-se por uma mobilização no dia 15 de junho na ALERJ, data em que será realizada uma audiência pública sobre a educação superior no estado. 
Estaremos preparando uma caravana para este dia onde serão feitas diversas atividades junto aos deputados estaduais, contamos com a participação efetiva de toda a comunidade docente, estaremos disponibilizando transporte para o Rio, os interessados, favor entrar em contato com a secretaria da ADUENF por e-mail (aduenf@uenf.b…
COMUNICADO DA DIRETORIA DA ADUENF



A diretoria da ADUENF vem a público realizar os seguintes esclarecimentos:


1- A ADUENF manifesta seu integral apoio às reivindicações dos bombeiros do estado do Rio de Janeiro. A corporação de bombeiros do Rio de Janeiro é a mais antiga do país e também a que percebe os menores salários e auxílios. O salário inicial de um bombeiro militar carioca, hoje, é de míseros R$950,00. A diretoria da ADUENF vem a público solicitar o apoio de todos os seus associados ao justo movimento dos Bombeiros.

2- A diretoria da ADUENF se une aos representantes das Associações de Docentes das Instituições Estaduais e Municipais de Ensino Superior, presentes ao VII Encontro do Setor, promovido pelo ANDES-SN, e insta ao governador do estado da Bahia, Sr. Jacques Wagner, a revogar o Decreto 12.583/11 que ataca a autonomia universitária e fere o Estatuto do Magistério Superior (Lei 8352/2002); a retirar a cláusula no Termo de Acordo Salarial que congela os salários por quatro ano…
Imagem
PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO ENTRAM EM GREVE NO RIO


Os profissionais de Educação, em estado de greve desde o dia 5 de maio, acabam de deflagrar uma greve por tempo indeterminado na rede estadual a partir de hoje, 7 de junho. Em assembléia lotada no Clube Municipal os professores e funcionários decidiram entrar em greve por tempo indeterminado já que o Governo Sérgio Cabral não avançou com as negociações, assim como o fez com os Bombeiros. Nos dias 4 e 5 de maio, os profissionais já tinham feito uma greve de advertência de 48 horas.
A greve foi deflagrada para exigir reajuste salarial de 26%, Incorporação já das parcelas do “nova-escola” e contra o plano de metas. Outra questão de grande importância, fundamental para a unidade dos trabalhadores, foi a votação em relação aos Bombeiros – foi aprovado: Total apoio à luta dos Bombeiros pela imediata libertação dos presos; Atividade unificada na Orla do Rio, domingo. Além disso, a categoria passou a “sacolinha”, um símbolo de solidariedade entre…
Imagem
ADUFF – MOÇÃO DE APOIO À LUTA DOS BOMBEIROS EM GREVE NO RIO DE JANEIRO

“Primeiro levaram os negros, mas não importei com isso. Eu não era negro. Em seguida levaram alguns operários, mas não me importei com isso. Eu também não era operário. Depois prenderam os miseráveis. Mas não me importei com isso porque eu não sou miserável. Depois agarraram uns desempregados, mas como tenho emprego também não me importei. Agora estão me levando, mas já é tarde. Como eu não me importei com ninguém, ninguém se importa comigo… (Bertold Brecht)
Durante a última semana presenciamos mais um ataque do governo fascista de Sérgio Cabral aos trabalhadores do Rio de Janeiro. Como já tem sido costume nas manifestações recentes – como a dos moradores do Morro do Bumba ou de professores em frente à ALERJ –, o governo Cabral mais uma vez criminalizou uma mobilização social. Agora foram os bombeiros de nosso estado que foram humilhados por exercerem o direito de protestar. A corporação de bombeiros do Rio de Janeiro é a mai…