quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

ALERJ: prioridade é contemplar o regime de dedicação exclusiva dos docentes

As universidades estaduais do Rio de Janeiro poderão ter garantidos R$ 40 milhões no Orçamento de 2012. 




Foi o que ficou acertado durante a audiência pública realizada pela Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), nesta quarta-feira. Para o presidente da comissão, deputado Comte Bittencourt (PPS), apresentar emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA) que totalizem esse valor foi um grande passo. “Ainda acho estes recursos insuficientes para a manutenção da inteligência do Estado do Rio, mas já é um começo”, apontou Bittencourt.

Hoje, acertamos os valores que ficarão garantidos para cada uma das instituições. Para a Uerj, serão R$ 17 milhões; a Uezo e a Uenf receberão R$ 10 milhões cada; e a Fundação Cecierj será contemplada com R$ 3 milhões.

Para a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), a prioridade é contemplar o regime de dedicação exclusiva dos docentes”, enumerou o deputado.

Fonte: Ascom da Alerj.