ADUENF protocola pedido de providências sobre condição de (in) segurança criada na UENF pelo governo Pezão


Preocupada com o possível agravamento da situação de (in) segurança existente nos dois campi e nas unidades isoladas da Uenf, a diretoria da ADUENF protocolou na tarde desta 2a. feira um pedido de providências em face do governo Pezão junto ao Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro.


Em seu pedido a ADUENF citou os diversos casos de furtos e arrombamentos já ocorridos no campus Leonel Brizola em Campos dos Goytacazes, e lembra que a situação poderá ser agravada com o recesso de final de ano e as férias coletivas concedidas aos servidores da Uenf no mês de janeiro.

O caso foi alocado na 2a. Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva, sendo que o Promotor Marcelo Lessa Bastos será o encarregado por dar andamento ao pedido feito pela ADUENF.

É preciso lembrar que por falta de pagamentos a empresa K-9 cessou a prestação de serviços de segurança patrimonial no mês de Outubro de 2016, e desde lá os prejuízos sofridos pela Uenf por causa de furtos e assaltos já são consideráveis. 

Postagens mais visitadas deste blog

ADUENF envia carta ao reitor da UENF solicitando respeito ao direito dos estudantes

Diretoria da ADUENF envia ofício ao reitor da UENFcomunicado suspensão da greve

Nota de Repúdio contra o abuso de autoridade no arrombamento do DACOM da UFF Campos