terça-feira, 30 de julho de 2013

Biólogo formado na UENF manda mensagem do Maranhão em apoio à defesa da D.E.

O biólogo Yuri Amaral, formado na UENF, é atualmente Analista Ambiental do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), e é Chefe Substituto do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, lotado em Barreirinhas/MA. Mas na imagem abaixo, Yuri Amaral é mostrado no momento em que era agredido por militares do serviço reservado da P-2 durante um ato político dentro do campus da UENF no dia 28.03.2003 por se manifestar a favor da construção do restaurante universitário da UENF.


Pois bem, após mais de 10 anos daquela agressão. Yuri Amaral entrou em contato com a diretoria da ADUENF para manifestar seu apoio à campanha em defesa do Regime de Dedicação Exclusiva na UENF.

Eis a declaração que Yuri enviou à ADUENF:

"SOU EX ALUNO, MAS SEREI SEMPRE UM UENFIANO E NÃO QUERO VER MEU DIPLOMA PERDER VALOR NO MERCADO!! DA-LHE ADUENF!!!!

Certamente o ponto mais positivo de ter estudado na Universidade Estadual do Norte FLuminense - DARCY RIBEIRO (com todo o peso de carregar o nome e projeto pedagógico de Darcy Ribeiro) foi estudar com professores DOUTORES e com DEDICAÇÃO EXCLUSIVA ao ensino, pesquisa e extensão com carga horária de 40 horas semanais. Isso quer dizer que, salvo exceções, eu podia encontrar meus professores a qualquer hora do dia para conversar, discutir, elaborar projetos e saber que ele só tinha como preocupação funcional nós, os alunos da UENF. 

Essa decisão fez com que a UENF tenha conquistado em 15 anos de existência (quando me formei em Ciências Biológicas, em 2008) as primeiras colocações em ensino superior e pesquisas científicas do Brasil. Semana passada o Conselho Universitário da UENF, numa manobra de sua Reitoria (que lembro ter ocupado, acampado, criticado, e protestado contra suas ações muitas vezes) aboliu a Dedicação Exclusiva. Isso quer dizer que futuros professores poderão ser contratados mesmo tendo outro(s) empregos e certamente não dedicarão 100% de sua atenção, empenho e dedicação aos assuntos da universidade, com prejuízo à formação profissional dos estudantes e a qualificação da pesquisa e extensão produzidas. 

Fica a esperança que a ADUENF e o DCE Apolônio de Carvalho consigam reverter a situação, e possibilitar ao corpo discente da UENF a oportunidade que tive de me formar em uma universidade PÚBLICA, GRATUITA e, principalmente DE QUALIDADE!!"

Abaixo uma imagem de Yuri Amaral no seu ambiente de trabalho, portando a declaração de apoio à campanha da ADUENF.


Outros profissionais formados pela UENF que quiserem apoiar a campanha da ADUENF como Yuri Amaral acaba de fazer, podem enviar suas mensagens e imagens para aduenf@gmail.com.