ADUENF envio ofício ao reitor da UENF requisitando informações sobre condições para funcionamento

O Comando de Greve da  ADUENF enviou na tarde de ontem (14/08) ofício ao reitor da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) requisitando informações sobre a existência (ou não) de condições mínimas para o funcionamento regular das atividades acadêmicas dentro dos dois campi da instituição (Campos dos Goytacazes e Macaé) e em suas unidades avançadas espalhadas por diversos municípios do Norte e Noroeste Fluminense.

É importante notar que o governo do Rio de Janeiro não repassa as verbas de custeio da Uenf desde Outubro de 2015, o que já acarretou a criação de uma dívida de mais de R$ 20 milhões com concessionárias de serviços públicos, empresas prestadoras de serviços de segurança e limpeza, e com os fornecedores de insumos básicos.

A inexistência das verbas de custeio  e o atraso no pagamento dos salários dos servidores e das bolsas acadêmicas dos estudantes têm causado sérios problemas para o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão que são desenvolvidas na Uenf.

Postagens mais visitadas deste blog

ADUENF envia carta ao reitor da UENF solicitando respeito ao direito dos estudantes

Diretoria da ADUENF envia ofício ao reitor da UENFcomunicado suspensão da greve

Nota de Repúdio contra o abuso de autoridade no arrombamento do DACOM da UFF Campos