Presidente da ASDUERJ adere à campanha da defesa da DE na UENF

O argumento de que devemos atender as vontades do governo de Sérgio Cabral que quer igualar por baixo os salários pagos nas universidades estaduais do Rio de Janeiro tem sido usado para quebrar o regime de Dedicação Exclusiva na UENF e a criação de uma categoria de professores horistas que significará o fim do modelo de universidade criado por Darcy Ribeiro. 

Agora, numa demonstração que a luta da ADUENF em defesa do regime de Dedicação Exclusiva para todos os docentes doutores na UENF é também apoiada pelos colegas que defendem os interesses dos docentes da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, o presidente da ASDUERJ, Prof. Guilherme Mota, acaba de enviar a sua imagem de apoio à nossa luta.

Essa é uma prova cabal que aponta que o caminho da unidade entre as universidades estaduais não se dará pelo sucateamento e pela precarização do quadro docente da UENF. Mais ainda, mostra que a ADUENF e a ASDUERJ estão unidas na defesa das universidades estaduais fluminenses que se encontram sob grave ataque por parte do governo de Sérgio Cabral.

Unidos somos definitivamente mais fortes!


Quem também quiser enviar imagens de apoio à defesa da  D.E. na UENF, o endereço de envio é aduenf@gmail.com. 

Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro