Roda de conversa no CBB/UENF: financiamento das universidades públicas e a PEC da cobrança de anuidades


A quarta roda de conversa realizada na manhã desta 3a. feira (07/11) reuniu novamente um público bastante disposto a debater os problemas que hoje afetam o financiamento das universidades públicas brasileiras, em especial as universidades estaduais do Rio de Janeiro.

Um dos aspectos abordados pelo Prof. Marcos Pedlowski  em sua provocação inicial foi a falácia que está por detrás da adoção de um modelo de financiamento similar ao praticados pelas universidades norte-americanas, onde a cobrança de anuidades representa uma parcela significativa dos orçamentos.  Nesse sentido, um dos aspectos omitidos pelos defensores da cobrança de anuidades é que atualmente as dívidas dos estudantes das universidades públicas norte-americanas com o crédito educativo já ultrapassaram o valor de US$ 1,5 trilhão.

Nesse sentido, a adoção dessa forma de financiamento representaria o fechamento de oportunidades para jovens oriundos das classes menos abastadas que não teriam como financiar seus estudos na hipótese da cobrança de anuidades.  O fato do deputado federal Andres Sanchez (PT/RJ) ter apresentado um Projeto de Emenda Constitucional (a PEC 366/17) para permitir a cobrança de anuidades sinaliza que a discussão para barrar este retrocesso é urgente.

Abaixo postamos a apresentação do Prof. Marcos Pedlowski para quem desejar conhecer o conteúdo da mesma.




Postagens mais visitadas deste blog

ADUENF envia carta ao reitor da UENF solicitando respeito ao direito dos estudantes

Diretoria da ADUENF envia ofício ao reitor da UENFcomunicado suspensão da greve

Nota de Repúdio contra o abuso de autoridade no arrombamento do DACOM da UFF Campos