Folha da Manhã: Faetec volta e Uenf vai parar



No mesmo dia em que três das 19 unidades da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) voltaram às atividades, após 57 dias de paralisação, a Associação de Docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Aduenf) decidiu, em assembleia, realizada na tarde desta quinta-feira (10), na Universidade Estadual Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf), que vai suspender o trabalho no próximo dia 16. De acordo com o membro da Aduenf Raul Ernesto Palácio, os professores estão reivindicando o pagamento da dedicação exclusiva, autonomia financeira das universidades e o aumento de 65% acima do salário base dos profissionais desde o ano passado.

— O governo do Estado se comprometeu em negociar com a associação, quando os profissionais estavam em greve, no ano passado, fazendo com que os professores retornassem ao trabalho. Porém, não houve definições posteriores. Representantes estaduais, mais uma vez, não cumpriram o que prometeram. Estivemos em reuniões com representantes do Estado e da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Há anos não temos nossas reivindicações atendidas. O projeto de lei que permite o pagamento da dedicação exclusiva não foi enviado à Alerj até hoje — disse. Ele acrescentou que, no dia 16, parte dos professores da Uenf vai se reunir com representantes da Alerj, no Rio de Janeiro, e outra parte dos docentes vai panfletar as reivindicações da categoria no Centro da cidade. 

Faetec — Das 19 unidades da Faetec no Norte e Noroeste Fluminense, apenas três apresentaram funcionamento parcial durante a greve dos profissionais da Educação. Nesta quinta-feira, o Instituto Superior de Educação Professor Aldo Muylaert (Isepam) e as Escolas Técnicas Estaduais (ETEs) Agrícola Antônio Sarlo e João Barcelos Martins voltaram às atividades normais. 

Cada escola já elaborou um calendário próprio de reposição das aulas, visando garantir a conclusão do ano letivo sem maiores prejuízos aos alunos. Além disso, no dia 16, terão início as aulas dos cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) para os mais de 2 mil aprovados no último processo seletivo. Já a Comissão de Acompanhamento das Despesas de Pessoal (Coap), coordenada pela secretaria estadual de Planejamento e Gestão (Seplag), autorizou a Faetec a convocar mais 500 aprovados do concurso de 2010.


Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro