terça-feira, 9 de maio de 2017

Diretoria da ADUENF lança nota sobre reunião com o governador Pezão

NOTA DA ADUENF SOBRE A REUNIÃO DO GOVERNO PEZÃO COM UNIVERSIDADES ESTADUAIS, CECIERJ, FAETEC E FAPERJ



Ao atrelar o pagamento de salários dos servidores estaduais a aprovação do Plano de Recuperação Fiscal, em tramitação no Congresso Nacional, o ainda governador em exercício, Luiz Fernando Pezão explicita quais são suas verdadeiras intenções. Seguir a risca o projeto de “austeridade” defendido com veemência por Henrique Meirelles. O mantra do déficit fiscal é entoado como única solução para regularização das contas do estado do Rio de Janeiro. Mas a contrapartida, trocada em miúdos, será paga por cada servidor ativo ou aposentado. Além de arrochar ainda mais os salários com aumento da contribuição previdenciária, seremos condenados a estagnação salarial e a não realização de concursos públicos. Lembremos que o Estado deve aos servidores o décimo terceiro, os meses de março e abril. Com juros.

Ao reunir-se com representantes das Universidades Estaduais, UERJ, UENF e UEZO, CECIERJ, FAETEC e FAPERJ, o governador, acompanhado do (até este momento) secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social, Pedro Fernandes, busca alcançar o improvável: a aparência de que existe um encaminhamento de soluções, enquanto a cada dia o funcionalismo público estadual sente a corda apertar-lhe mais e mais o pescoço.

A partir do cenário montado, Pezão tem como objetivo indicar que algo foi definido na reunião, mas mesmo a grande mídia não consegue disfarçar o vazio de resoluções, produzindo imagens e informações que não passam de uma afronta a nossa inteligência assim como este (des) governo demonstra completo desdém pela situação financeira vivida por estes trabalhadores (pois devemos incluir aqui os terceirizados).

Esperamos sinceramente, que a Reitoria da UENF não integre esta barganha indecente, levada a frente por um representante moribundo!

E de nossa parte, redobraremos nossas forças de resistência contra a tentativa deste (des) governo de destruir o serviço público fluminense .

Campos dos Goytacazes, 09 de Maio de 2017.

Diretoria ADUENF
Gestão Resistência & Luta