sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Negociações com a Uenf serão retomadas após eleições

Bianca Alonso

As negociações com professores e técnicos administrativos da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), que voltaram ao trabalho no último dia 27 após 36 dias de greve, serão retomadas um dia após as eleições. A paralisação foi iniciada no dia 16 de agosto e finalizada no dia 20.

O fim da greve ficou decido depois que um documento assinado em parceria pelos secretários de Planejamento e Gestão (Seplag), Sérgio Ruy Barbosa, e de Ciência e Tecnologia, Luiz Edmundo Horta (SECT).

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Públicas Estaduais no Estado do Rio de Janeiro (Sintuperj), e com o presidente da Associação de Docentes da Uenf (Aduenf), Marcos Pedlowski, O secretário de Ciência e Tecnologia renovou o compromisso com a retomada das negociações após o processo eleitoral. Segundo ele, a expectativa da Anduef é que o compromisso saia do papel para as mesas de negociação.

— O voto de confiança dos professores da Uenf requer do governo uma posição pró-ativa e positiva em relação aos problemas que causaram a greve, mormente a grave corrosão salarial que hoje implica numa perda média de 90% do salário nominal dos serviços da instituição — disse Marcos Pedlowski, por meio de nota à imprensa.

Para que os alunos não sejam prejudicados quanto ao conteúdo escolar, o segundo semestre letivo de 2010 segue até o dia 11 de fevereiro. De acordo com a assessoria de comunicação da Uenf, as aulas terão um recesso no dia 17 de dezembro em comemoração ao Natal e Ano Novo, depois disso, as aulas serão retomadas no dia 10 de janeiro até o dia 11 de fevereiro.

Fonte: http://www.fmanha.com.br/index.php#1219359808/1285951902