A UENF VAI PARAR POR 24 HORAS PARA ACOMPANHAR NEGOCIAÇÃO

Os professores da UENF reunidos em assembléia decidiram enviar ao governo Cabral de que continuam mobilizados. Em assembléia realizada no dia de ontem (19/10), os presentes decidiram por uma série de medidas que visam aprofundar a luta pela reposição de 82% das perdas salariais. Entre as principais decisões se encontram:
1- Paralisação das atividades docentes na UENF no dia da próxima audiência que deverá ocorrer na próxima semana nas dependências da Secretaria de Planejamento e Gestão (SEPLAG).
2- Realização de vigilia cívica no Hall do prédio da reitoria da UENF que deverá incluir a presença de representantes de entidades sindicais e de uma banda de música.
3- Formar uma Comissão de Trabalho formada por associados da UENF para avaliar os dados salariais fornecidos pela SEPLAG.
O que se espera é que o governo Cabral cumpra com seu compromisso de rever a situação salarial na UENF tornando desnecessária uma nova greve na instituição!

Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro