A UENF ESTÁ EM GREVE? A CULPA É DO CABRAL!

Em um dia em que o campus Leonel Brizola deveria estar fervilhando com o reinício das aulas, o que se viu hoje foi o mais completo silêncio. O problema é que forçados pelo descaso e a indiferença do governo do Rio de Janeiro, professores e servidores resolveram cruzar os braços até que o governo Sérgio Cabral aceite iniciar uma discussão séria sobre os graves problemas salariais e de custeio que afligem a UENF neste momento.

Como no caso da UERJ, a palavra de ordem na UENF é: NEGOCIA, CABRAL!





Postagens mais visitadas deste blog

Diretoria da ADUENF envia carta a Sérgio Cabral defendendo a manutenção do modelo de Darcy Ribeiro

Nota de Repúdio contra o abuso de autoridade no arrombamento do DACOM da UFF Campos

Incêndio no Museu Nacional: ADUENF divulga nota de solidariedade à UFRJ