quarta-feira, 27 de abril de 2016

População do Norte e Noroeste Fluminense continua aderindo ao abaixo-assinado em defesa da Uenf

Com a ampliação das cidades onde o abaixo-assinado em defesa da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) está sendo divulgado está havendo um aumento do número de cidadãos que estão se posicionando contra o sucateamento imposto pelo governo do Rio de Janeiro.

 Assim,ainda que Campos dos Goytacazes e Macaé sejam os municípios com o maior número de apoios por causa da presença dos dois campi, a Aduenf está recebendo folhas preenchidas de vários municípios do Norte e Noroeste, principalmente naqueles onde existem pólos de Educação à Distância do CEDERJ.

Abaixo seguem imagens da atividade realizada pelos professores da Uenf no dia de ontem (26/04) no centro histórico de Campos. Além da enorme receptividade ao abaixo-assinado, o que os professores mais tem ouvido é a inconformidade da população com que está sendo feito com a universidade criada por Leonel Brizola e Darcy Ribeiro a partir de uma demanda da população de Campos dos Goytacazes que, como agora, assinou um abaixo-assinado a criação da instituição que fora prevista pela Constituição Estadual de 1990.