Professores fazem assembleia e decidem continuar indo às ruas para explicar greve á população


Reunidos nesta 3a. feira (12/04), os professores da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) fizeram um balanço das atividades realizadas desde o início da greve por tempo indeterminado.  Uma das principais conclusões é que o apoio demonstrado pela população na adesão ao abaixo-assinado em defesa da universidade demonstra a correção da decisão de deflagrar a greve.

Após realizar uma atualização da pauta de reivindicações que foi enviada ao governo do Rio de Janeiro visando facilitar a ação unificada com servidores técnico-administrativos e estudantes, a assembléia também decidiu realizar duas atividades públicas para angariar mais assinaturas ao abaixo-assinado em defesa da Uenf.

A primeira atividade deverá ocorrer no Boulevard Francisco de Paula Carneiro na próxima 5a. (14/04) feira a partir das 14:00 horas. Já a segunda atividade será realizada na Avenida Pelinca na próxima 6a. feira (15/04) a partir das 15:00 horas.

Nessas atividades será entregue o adesivo que simboliza o atual movimento de greve que não apenas visa defender os salários dos servidores e docentes, mas principalmente a própria existência da Uenf.


Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro