Na continuidade da série sobre a crise da Uenf, professor e assistente social falam sobre as ameaças sobre o tripé ''ensino, pesquisa e extensão"



Dando continuidade á serie "A Uenf em crise e suas pesquisas em risco", o professor Leandro Garcia Pinho do Laboratório de Estudos de Educação e Linguagem (LEEL) do CCH e a assistente social Maria Helena Barros Barbosa falam de sua experiência profissional dentro da Uenf, e dos problemas causados pela crise financeira sobre o tripé "ensino, pesquisa e extensão.


O Prof. Leandro Garcia Pinho  participa da Pós-Graduação em Políticas Sociais, ele é coordenador da disciplina Fundamentos da Educação III do Consórcio CEDERJ/CECIERJ para os polos de Itaperuna, São Francisco de Itabapoana, São Fidélis, Itaocara, Natividade, Macaé e Bom Jesus do Itabapoana e professor do PARFOR/UENF no Curso de Pedagogia. Além das atividades de pesquisa e ensino, o Prof. Leandro Pinho também atua em projetos de extensão relacionados à educação continuada e à prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.


Já a assistente social Maria Helena Barros Barbosa atua na Uenf desde 1999 onde é uma das pioneiras na realização de atividades educativas para jovens e adultos no tocante à prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, inclusive do vírus HIV.  Em seu depoimento ela fala da trajetória das ações educacionais realizadas pela Uenf para a prevenção de doenças de doenças sexualmente transmissíveis, bem como das dificuldades que a atual crise financeira vem causando para a continuidade dessa importante atividade que combina ensino, pesquisa e extensão.




Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro