domingo, 21 de novembro de 2010

Alexandre Cardoso chama ADUENF para reunião na 3a. feira

O Secretário de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Alexandre Cardoso, ligou para a diretoria da ADUENF na última 5a. feira para convidar o presidente da Aduenf, Prof. Marcos Pedlowski, para uma reunião nas dependências da SECT na 3a. feira (23/11) a partir das 15:30 h. O outro participante da reunião deverá ser o reitor da UENF, Prof. Almy Junior.
O único ponto da pauta da reunião deverá ser a situação salarial dos professores da UENF, segundo o que foi apontado na mensagem eletrônica enviada pelo secretário ao presidente da ADUENF.
Este é sem dúvida um passo importante, visto que em quase quatro anos de governo Cabral esta é a primeira vez que o secretário Alexandre Cardoso irá se encontrar com representantes da ADUENF, apesar das inúmeras correspondências que foram enviadas solicitando um encontro para discutir os mecanismos de reposição salarial.
Apesar de considerar este um passo importante na solução dos probemas afligindo a UENF neste momento, a diretoria resolveu manter a paralisação geral das atividades docentes para esta segunda-feira (22/11) e convocou uma asembléia para decidir o que deverá ser feito no dia seguinte quando deverá ocorrer a reunião na SECT. Nesta assembléia deverão também se manifestar lideranças estudantis que solicitaram a possibilidade de se manifestar e apresentar suas próprias demandas em prol da melhoria das condições de ensino da UENF.
Neste sentido, a diretoria da ADUENF entende que a unidade de toda a comunidade universitária da UENF poderá ser o elemento chave para a conquista de melhorias que extrapolam o campo salarial, ainda que este seja o principal motivo da mobilização dos seus associados.
Caberá ao governo Cabral atender estas demandas para demonstrar seu real compromisso com a UENF. Caso contrário, a situação dentro da instituição poderá se agravar, o que certamente não interessa a ninguém.