Uenf: professores voltam ao trabalho até 5 de dezembro

A Uenf está funcionando, mas com os professores em estado de greve

Em uma assembléia realizada na manhã de ontem na Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), os professores da Associação dos Docentes da instituição (Aduenf) decidiram retornar às atividades em estado de greve até cinco de dezembro, prazo do secretário Estadual de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, para apresentar as reivindicações ao governador Sérgio Cabral. Se não houver acordo, os docentes podem entrar greve por tempo indeterminado.

Segundo o presidente da Aduenf, Marcos Pedlowski, um ofício foi enviado ontem a Alexandre Cardoso com as reivindicações, entre elas o reajuste de 22% do salário-base do corpo docente, retroativo à data do concedido ao pessoal técnico-administrativo, promovendo, segundo ele, a isonomia prevista no Plano de Cargo e Vencimentos em vigência. “Pleiteamos também a implementação, a partir do dia primeiro de novembro deste ano, da Bolsa por Dedicação Exclusiva, no percentual de 55% do salário-base do enquadramento do docente, por um período de 12 meses e máximo de 24 meses, ou até que o Conselho Universitário regulamente a Gratificação por Dedicação Exclusiva e o Governo do Estado a implemente, ou o que ocorrer primeiro”, concluiu.

http://www.odiarionews.net/wordpress/geral/uenf-professores-voltam-ao-trabalho-ate-5-de-dezembro/

Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro