segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Diretoria da ADUENF envia carta a Sérgio Cabral defendendo a manutenção do modelo de Darcy Ribeiro

A diretoria da ADUENF enviou correspondência no dia de hoje ao governador Sérgio Cabral informando a disposição de aceitar o pagamento do regime de Dedicação Exclusiva na forma de um adicional.

A carta também reafirmou a posição dos associados da ADUENF de que a entidade não concorda com a tentativa do governo de modificar o regime de trabalho dos docentes da UENF. Nesse quesito, a carta da ADUENF ratifica a regra pétrea da fundação da UENF que determina que todos os docentes atuando na instituição sejam doutores trabalhando em regime de Dedicação Exclusiva.

Veja a carta enviada ao governador Sérgio Cabral logo abaixo.



Finalmente, esta correspondência desmantela a versão fantasiosa da reitoria da UENF que indicava haver algum tipo de acordo envolvendo a ADUENF no sentido de quebrar o regime de Dedicação Exclusiva na UENF. 

Agora não apenas Sérgio Cabral foi informado, mas também os secretários de Ciência e Tecnologia e de Planejamento e Gestão de qual é efetivamente a posição da ADUENF em relação a uma questão tão central para a continuidade de processo de construção da UENF. E a mensagem da carta é clara: queremos nossos direitos e nossos princípios não estão a venda!