terça-feira, 24 de junho de 2014

Articulação da ADUENF rende frutos na ALERJ e governo deverá apresentar nova proposta salarial


A articulação desenvolvida pelos sindicatos e associações de classe da UENF resultou num número expressivo de emendas (um total de 39) para o projeto de lei 3050/2014 enviado pelo governo do Rio de Janeiro para recompor os salários de servidores e professores.

Após uma reunião do Colégio de Líderes onde não houve acordo sobre quais emendas deveriam ser aprovadas, a novidade é que o governo do Rio de Janeiro indicou que enviará uma nova proposta para melhorar o que foi proposto inicialmente como forma de garantir a votação do projeto 3050/2014.

Uma delegação da ADUENF que está sendo liderada pelo Prof. Luís Passoni deverá se reunir a partir das 15:00 horas com o presidente da Comissão de Educação da ALERJ, deputado Comte Bittencourt. Nessa reunião deverá ser traçada uma estratégia para garantia que a nova proposta esteja mais de acordo com as emendas que foram apresentadas pela ADUENF.

A sinalização de que o governo do Rio de Janeiro irá melhorar a proposta inicial é uma vitória direta da ação da ADUENF e de seus associados que sustentaram uma greve durante três meses.

Agora é a hora de continuar apoiando a ADUENF e a luta de todos os servidores da UENF por salários mais justos!