Atos arbitrários III: Apoio ao Presidente da ADUENF

APOIO E SOLIDARIEDADE PARA O PRESIDENTE DA ADUENF

A Constituição Federal de 1988 é explícita no sentido de garantir a liberdade de expressão e a livre organização sindical. Infelizmente desde a promulgação da nossa atual carta magna muitas tentativas têm sido feitas para impedir a sua completa aplicação no cotidiano da população brasileira. Uma das facetas mais explicitas deste encantamento com as práticas ditatoriais que vigoraram no Brasil por mais de duas décadas tem sido a tentativa de criminalizar a ação política de sindicatos e movimentos sociais. E este pendor autoritário tem se manifestado também no interior das universidades, normalmente revestido sob a capa administrativa das comissões especiais de sindicância.

Este uso abusivo de atos administrativos para tentar calar e punir lideranças sindicais vem ocorrendo em todo o território brasileiro, e atinge normalmente lideranças claramente comprometidas com as causas dos trabalhadores que representam. Neste contexto se enquadra a comissão especial de sindicância aberta pelo Reitor da UENF, Prof. Almy Junior, contra o Prof. Marcos A. Pedlowski, presidente da Associação de Docentes da Uenf, seção sindical do ANDES-SN, em função de um editorial publicado no jornal da Aduenf. Esta publicação que é de responsabilidade coletiva de uma diretoria democraticamente eleita não poderia jamais servir de instrumento para a abertura de tal procedimento.

Neste sentido, vimos solicitar ao Reitor Almy Junior que proceda com o imediato arquivamento desta comissão especial de sindicância, visto que não podemos conviver com tal arbitrariedade em uma universidade, que deve ser espaço de livre pensamento, livre crítica e formação de cidadãos conscientes.

Gelta Terezinha Ramos Xavier

Diretoria da ADUFF-SSind

Presidente

Gestão "Lutar na Voz Ativa", biênio 2010/2012

Postagens mais visitadas deste blog

ADUENF envia carta ao reitor da UENF solicitando respeito ao direito dos estudantes

Diretoria da ADUENF envia ofício ao reitor da UENFcomunicado suspensão da greve

Nota de Repúdio contra o abuso de autoridade no arrombamento do DACOM da UFF Campos