Nota do SINDPEFAETEC em apoio à Asduerj e ao Sintuperj


Os servidores da Uerj encontram-se mobilizados e organizados, promovendo, desde o início do ano, uma série de iniciativas e de protestos públicos. As razões principais para isso são a tentativa de obtenção de um aumento salarial; a revisão do Plano de Cargos e Vencimentos dos servidores técnico-administrativos e a adoção do regime de dedicação exclusiva para os professores.

Ressalte-se que, desde meados do ano passado, a Asduerj alcançou um compromisso público da Alerj para a regulamentação do regime de trabalho em questão, mas até hoje o Governo Estadual não tomou qualquer ação prática para resolver o problema.

Umas das mais tradicionais e reconhecidas instituições de ensino superior do País, em contraste com o que vigora nas universidades federais, já aberta a segunda década do século XXI, ainda não conta com a dedicação exclusiva. Um problema que evidencia o nítido descaso do sr. Sérgio Cabral Filho com a educação, com a produção do conhecimento e o desenvolvimento tecnológico do Estado do Rio de Janeiro.

Em greve há cerca de dois meses, a comunidade acadêmica da Uerj tem empreendido esforços para o equacionamento do problema. Chegou a obter, há cerca de dez dias, um acordo com a reitoria para a regularização da dedicação exclusiva dos professores. No entanto, pouco depois foi surpreendida com uma ação jurídica impetrada pela reitoria da Uerj, que visa a cercear as ações da Asduerj e do Sintuperj no espaço físico da universidade. 

Uma iniciativa contraditória adotada pela reitoria, que, ao fim e ao cabo, demonstra a escassa disposição em negociar os pleitos dos professores e dos servidores técnico-administrativos. Nesse sentido, em defesa dos princípios da liberdade sindical, da liberdade de organização e de expressão, consideramos extremamente nociva a postura da reitoria da Uerj. Uma clara e absurda manifestação de autoritarismo! Sintoma da incompatibilidade do governo Cabral Filho com as regras e os valores democráticos!

Fica, portanto, registrado o apoio do SINDPEFAETEC às causas dos companheiros da Asduerj e do Sintuperj, legítimos e valorosos representantes dos funcionários da Uerj!

Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro