Aula pública e manifestação agitam o centro de Campos



Na manhã desta 6a. feira uma aula pública reunindo professores, estudantes e populares animou o início da manhã. As exposições feitas por professores e um indígena da etnia Pataxó atrair a atenção da população que passava pelo Boulevard Francisco de Paula Carneiro, que é o coração político da cidade de Campos dos Goytacazes.

Uma menção específica foi feita para lembrar as origens do projeto de criação da UENF, que nasceu de uma emenda popular impulsionada pela população de Campos, e o recente falecimento de Oscar Niemeyer que idealizou o projeto arquitetônico do campus da UENF.

Após as exposições, os membros da comunidade da UENF realizaram uma passeata pelas ruas centrais do centro de Campos demandando mais verbas para a UENF e a remuneração da Dedicação Exclusiva dos professores.

Essas atividades ocorrem em meio à greve dos profesosres, justamente num momento em que o Ministério da Educação divulga a informação que a UENF alcançou os melhores resultados entre as universidades sediadas do Rio de Janeiro e o posto de 11a. universidade melhor colocado no Índice Geral de Cursos que avalia todas as instituições de ensino brasileiras.




Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro