terça-feira, 21 de setembro de 2010

GREVE É SUSPENSA COM BASE NA CARTA-COMPROMISSO DA SECT/SEPLAG

A expectativa agora é que o governo Cabral aproveite esta pausa na greve para formular propostas que resolvam de forma objetiva a grave crise salarial que ameaça destruir o projeto acadêmico-pedagógico da UENF.
Do contrário, a volta ao processo de greve será inevitável, com prejuízos acadêmicos para a UENF e políticos para o governo Cabral.
Afinal de contas, todos sabem da importância que a população do norte-noroeste fluminense atribui à instituição idealizada por Darcy Ribeiro.