terça-feira, 28 de setembro de 2010

GREVE SUSPENSA ATÉ AS ELEIÇÕES - Matéria Folha da Manhã

Levando a termo o acordo feito com a SEPLAG e a SECT de suspender temporariamente a greve até que fique resolvida a questão eleitoral, os professores da UENF retornaram às suas atividades normais nesta segunda-feira (27/09).
Agora é que se espera que na concretização da vitória quase certa do governador Sérgio Cabral em primeiro turno, os representantes do governo estadual cumpram a sua parte do acordo e iniciam imediatamente as negociações para resolver a grave crise que assola atualmente a UENF, e que compromete seu projeto de excelência de forma direta e inegável, mesmo para os representantes do governo Cabral.
Do contrário, o que estamos tendo nesta voltas aulas é apenas, e exclusivamente, uma pausa momentânea na greve, o que seria totalmente prejudicial a todos os setores interessados no pleno funcionamento da UENF.