GREVE SUSPENSA ATÉ AS ELEIÇÕES - Matéria Folha da Manhã

Levando a termo o acordo feito com a SEPLAG e a SECT de suspender temporariamente a greve até que fique resolvida a questão eleitoral, os professores da UENF retornaram às suas atividades normais nesta segunda-feira (27/09).
Agora é que se espera que na concretização da vitória quase certa do governador Sérgio Cabral em primeiro turno, os representantes do governo estadual cumpram a sua parte do acordo e iniciam imediatamente as negociações para resolver a grave crise que assola atualmente a UENF, e que compromete seu projeto de excelência de forma direta e inegável, mesmo para os representantes do governo Cabral.
Do contrário, o que estamos tendo nesta voltas aulas é apenas, e exclusivamente, uma pausa momentânea na greve, o que seria totalmente prejudicial a todos os setores interessados no pleno funcionamento da UENF.

Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro