terça-feira, 15 de abril de 2014

Comando de Greve mantem reuniões na ALERJ e consegue avançar o processo de negociação


Membros do Comando de Greve da ADUENF, acompanhados de um diretor da Associação dos Técnicos de Nível Superior (ATNS), estiveram hoje na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ)onde mantiveram contato com diversos parlamentares, com os presidentes das comissões de Educação e de Ciência e Tecnologia, bem como com a banca do Partido dos Trabalhadores (PT). Entre os parlamentares contactados está incluído o deputado Gustavo Tutuca, ex-secretário de Ciência e Tecnologia.

A partir desses contatos ficou estabelecido que assim que a proposta do governo do Rio de Janeiro chegar na ALERJ, a mesma será enviada para análise do Comando de Greve da ADUENF.  Essa posição foi colocada tanto pela bancada do PT, como pelo deputado Gustavo Tutuca. Esse desdobramento deixa sem validade prática, a posição explicitada pelo governo do Rio de Janeiro de que a proposta só seria analisada 30 dias após o encerramento da greve. Além disso, o envio prévio da proposta também permitirá que o Comando de Greve prepare emendas que possam eventualmente melhorar os índices colocados pelo governo do Rio de Janeiro.

É importante ressaltar que todos os parlamentares contactados, muitos deles da base de apoio do governo dentro da ALERJ, se comprometeram a cobrar o envio urgente da proposta. No entanto, uma informação obtida junto à Comissão de Educação indica que o governo do Rio de Janeiro não deverá enviar a proposta ainda no mês de Abril, deixando a resolução do problema para Maio. É importante lembrar que tal posição é de inteira responsabilidade do governo do Rio de Janeiro, e esta demora apenas dificultará o retorno à normalidade dentro da UENF.