quarta-feira, 2 de abril de 2014

Governo reconhece força da greve e convoca reunião de negociação


Após 21 dias de greve geral, o governo do Rio de Janeiro reconheceu a força do movimento e chamou reuniões separadas com os sindicatos de servidores técnicos-administrativos e dos professores para apresentar propostas para resolver os problemas criados pela corrosão salarial dentro da UENF.

No caso dos professores, a reunião deverá ocorrer na Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (SEPLAG) a partir das 15:00 hras desta 5a. feira (03/04). 

O Comando de Greve da ADUENF deverá realizar uma reunião no início da manhã para definir quais professores irão até a SEPLAG para apresentar a pauta da greve que inclui dois pontos básicos: 1) reposição das perdas salariais de 86,7%, e pagamento do regime de Dedicação Exclusiva de 65%.

De qualquer forma, a força do movimento de greve já obteve uma significativa vitória a garantir a abertura das negociações.