sexta-feira, 15 de junho de 2012

COMUNICADO DA DIRETORIA DA ADUENF


A Diretoria da ADUENF vem a público para fortalecer a preocupação relativa à Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) impetrada pelo governo do Rio de Janeiro para extinguir a gratificação por tempo de serviço. Quem não reecebe 6% do orçamento do Estado, que também foi consagrado pela Constituição Estadual de 1989, por causa de uma ADIN não pode pensar de outra forma.

Em função dos fatos expostos acima, a diretoria da ADUENF informa que continuará mobilizada junto com outros sindicatos do funcionalismo estadual reunidos no Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais (MUSPE) para que essa ADIN seja retirada imediatamente do STF pelo governo do Rio de Janeiro.


Sem luta não há como garantir os nossos direitos!



Campos dos Goytacazes, 15 de Junho de 2012.

                Diretoria da ADUENF