COMUNICADO DAS DECISÕES DA ASSEMBLÉIA GERAL DA ADUENF: PARALISAÇÃO DE 48 HORAS E PARTICIPAÇÃO EM MANIFESTAÇÕES EM CAMPOS E NO RIO DE JANEIRO


A diretoria da ADUENF vem a público informar que, após um qualificado e intenso debate de idéias, foram acordadas as seguintes ações na Assembléia Geral realizada no dia 28/06 de 2012: 

1- Adesão ao Movimento Unificado dos Servidores Estaduais e paralisar as atividades por 48 horas os dias 3 e 4 da próxima semana.

2- Participar na passeata que o MUSPE está organizando para o dia 4 de julho, até o palácio das Laranjeiras. O ônibus sairá o dia 4/7, próxima 4ª. feira, às 4:30 da manhã do ponto de ônibus frente ao Condomínio Verdes Campos. 

3- Panfletagem no centro de Campos, no dia 4/07 às 14 horas, em conjunto com os professores em greve das instituições federais de ensino, UFF e IFF, bem como os professores do ensino estadual, SEPE. 

4- Realizar uma reunião do Comando de greve no dia 29/06 às 10:00 para definir a participação dos professores na semana de Iniciação Científica.

5- Realizar ações efetivas que permitam a marcação da reunião com o secretário e não esperar passivamente até a volta do recesso da ALERJ.

No cumprimento do Item 4,os professores presentes na reunião do Comando de Greve entenderam que a participação dos professores da semana da IC, com identificação de luto, daria uma visibilidade maior ao movimento. Por tal motivo os professores/orientadores receberão na entrada do Centro de Convenções uma faixa preta que simboliza o luto dos professores em função da crise salarial existente e do perigo iminente do fim da gratificação por tempo de serviço. Durante o dia 4/07, os professores que não forem ao Rio deverão comparecer na Praça São Salvador para participar da mobilização conjunta que ocorrerá do centro de Campos.

Só mobilizados e unidos conseguiremos defender os nossos salários e  a qualidade do ensino na UENF!

GESTÃO UNIÃO, FORÇA E RESPEITO 2011-2013

Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro