UENF NA RUA, CABRAL A CULPA É SUA! V

Ficamos surpresos quando soubemos da pauta do último CONSUNI que estaria incluindo a questão da tabela, já que em momento algum fomos consultados e demos o nosso aval para que o assunto fosse discutido. Não reconhecemos e não vamos discutir nenhuma tabela, pois a idéia original ficou para trás, que era a de corrigir a distorção na tabela do PCV de 149% para os níveis elementar, fundamental e médio, índice igual ao que alcançou o nível superior. Assim sendo, como não reconhecemos esta tabela apresentada pelo Reitor e por técnicos de nível superior é que tomamos a iniciativa de entrarmos na justiça. Decisão tomada em assembléia pela correção do percentual do PCV. O que estranhamos é que justamente na hora em que as entidades se unem em torno de uma reposição salarial e que os servidores começam também a somar e a lutar por melhores salários, apoiando as suas representações surgem algumas discussões no CONSUNI que tem uma única finalidade que é dividir o movimento dos servidores da UENF que lutam por uma reposição de 82% Precisamos estar atentos a este tipo de manobra, pois a quem interessa ver os servidores divididos? A quem interessa ver o movimento fragilizado? Acho que estamos no caminho certo, pois temos a certeza de que já começamos a incomodar, por isso reforçamos que o nosso único caminho é a unidade dos servidores das universidades públicas estaduais a fim de barrar o processo de privatização do governo Sérgio Cabral que não tem nenhum compromisso com a UENF e UERJ. Todos a assembléia unificada SINTUPERJ/ADUENF Dia 12 de maio às 16:00h Auditório 2 do P4 Unidade Sim, Divisão Não

Postagens mais visitadas deste blog

Diretoria da ADUENF envia carta a Sérgio Cabral defendendo a manutenção do modelo de Darcy Ribeiro

Diretoria da ADUENF lança comunicado sobre ações tomadas para defender direitos ameaçados pelo governo Pezão

ADUENF envia carta ao reitor da UENF solicitando respeito ao direito dos estudantes